Presidente aprova a Resolução do CNPE que estabelece diretrizes para a definição do preço da energia elétrica a ser comercializada por Angra 3

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, aprovou a Resolução do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) que estabelece diretrizes para a definição do preço da energia elétrica a ser comercializada pela usina termelétrica nuclear Angra 3.

A Lei nº 14.120, de 1º de março de 2021, fruto da conversão da Medida Provisória nº 998, a fim de promover a valorização dos recursos energéticos de fonte nuclear no País, trouxe uma nova governança para a retomada das obras da usina termelétrica nuclear de Angra 3 e previu possibilidade de o CNPE autorizar a outorga da exploração da usina, devendo o contrato a ser firmado para comercialização da energia gerada estabelecer o preço da respectiva energia elétrica comercializada, observada a viabilidade econômico-financeira do empreendimento e a sua financiabilidade em condições de mercado, desde que atendidos os princípios da razoabilidade e da modicidade tarifária.

A edição da referida Resolução é requisito necessário para a continuidade do processo de conclusão e consequente exploração de Angra 3 e prevê determinadas diretrizes para a definição do preço da energia da usina, cujo valor resultará de estudo conduzido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Para mais informações:

Ministério de Minas e Energia

Telefones: (61) 2032-5555



Fonte: Secretaria-Geral da Presidência da República

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário