Comando do 6º Distrito Naval resgata quatro pessoas em menos de uma semana, com apoio de aeronaves

 

Homem de 27 anos caiu do cavalo e foi resgatado de UH-12

 

A Marinha, por meio do Comando do 6º Distrito Naval (Com6ºDN), em apoio ao Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul, realizou, na semana passada, o transporte de quatro moradores de regiões afastadas no Pantanal sul-mato-grossense, cujo estado de saúde inspirava cuidados.

 

A primeira Evacuação Aeromédica (EVAM) ocorreu a cerca de 160 quilômetros de Ladário (MS), na tarde do dia 1º de novembro, quando uma mulher de 27 anos, com 12 semanas de gestação, apresentou sangramento e fortes dores abdominais.

 

No dia seguinte, uma aeronave deslocou-se para resgatar um homem de 27 anos, que havia caído de um cavalo na região da Colônia de São Domingos, distante 50 quilômetros de Ladário. Na tarde do mesmo dia, um menino de cinco anos, com febre alta, dores abdominais e hérnia, foi transportado de uma localidade a 250 quilômetros de Corumbá.

 

Na manhã do dia 3, o Com6ºDN foi acionado novamente para o resgate de outra gestante, desta vez uma mulher de 29 anos, com 36 semanas, que também apresentava fortes dores abdominais.

 

Para as quatro EVAM foram utilizadas aeronaves do 1º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral do Oeste (EsqdHU-61), Organização Militar subordinada ao Com6ºDN.

 

Todos os deslocamentos foram feitos com acompanhamento de um médico do Hospital Naval de Ladário (HNLa) e, na chegada ao heliponto do EsqdHU-61, uma ambulância do Corpo de Bombeiros seguiu com os pacientes para a Santa Casa de Corumbá.

 

A Marinha realiza o resgate de vítimas, por meio de EVAM, empregando helicópteros do Com6ºDN, após solicitação do Corpo de Bombeiros, em locais onde o acesso é difícil ou inviável via terrestre e em caso de emergência.

 

O quarto resgate foi o de uma gestante de 36 semanas

 

Fonte: Marinha do Brasil