Xiaomi e verificação de originalidade da bateria

Foto: Pexels
Foto: Pexels

A Xiaomi está se preparando para pegar emprestado outro recurso do iPhone – verificação de originalidade da bateria.

Em particular, foi encontrada uma nova notificação no aplicativo, que avisa o usuário que uma bateria não oficial está instalada no smartphone, o que pode levar ao seu inchaço, superaquecimento e até incêndio.

Nesse caso, o usuário é aconselhado a entrar em contato com o centro de serviço oficial da Xiaomi, e a velocidade máxima de carregamento será reduzida para proteger o dispositivo.

Ainda não está claro como será verificada a originalidade da bateria. O iPhone usa micro controladores que só podem ser configurados por pessoal de serviço autorizado. Talvez Xiaomi esteja usando algo semelhante, mas ainda não há confirmação.

A lista de dispositivos afetados ainda é pequena:

  • Xiaomi Mi 9
  • Xiaomi Mi 10;
  • Xiaomi Mi 10 Pro.

Além disso, o aviso só aparecerá em smartphones na região da China. Porém, no futuro, a possibilidade dessa função aparecer em aparelhos de outros mercados não está excluída.

A Xiaomi também introduziu o MIUI 12.5 Enhanced

A Xiaomi também anunciou o MIUI 12.5 Enhanced – uma atualização do firmware proprietário baseado no Android

O MIUI 12.5 Enhanced traz mais estabilidade, vida útil da bateria mais longa, reduz o superaquecimento e geralmente otimiza o sistema.

Em particular, graças à otimização em grande escala do funcionamento do sistema, foi possível reduzir a carga do processador em 15% e a autonomia aumentou em média 8%.

Além disso, 160 problemas identificados por meio de feedback do usuário foram encerrados nesta versão e 224 erros de aplicativo do sistema foram corrigidos.

O MIUI 12.5 Enhanced está disponível para os seguintes dispositivos:

  • Mi MIX4;
  • Mi 11, Mi 11 Pro, Mi 11 Ultra;
  • Mi 10, Mi 10 Pro, Mi 10 Extreme Commemorative Edition, Mi 10S;
  • Redmi K40, Redmi K40 Pro;
  • Redmi K30S Extreme Commemorative Edition, Redmi K30 Pro.