Xbox não possui planos para investir em dispositivos de realidade virtual, diz executivo

Créditos: Microsoft

Phil Spencer, chefe da Xbox, a marca de consoles e jogos da companhia Microsoft, falou sobre o futuro da realidade virtual na companhia durante a última semana e afirmou que a empresa não possui planos para investir em dispositivos deste tipo.

Segundo Phil Spencer, apesar do sucesso da Sony e de outras concorrentes com óculos e dispositivos de realidade virtual, a Xbox ainda não possui uma visão para um projeto deste tipo.

O chefe da Xbox, elogiou a Sony, a Oculus e a Valve, empresas que se destacaram no ramo da tecnologia de realidade virtual durante os últimos anos, mas reafirmou que sua empresa, até o momento, não tem interesse em investir neste tipo de dispositivo..

A afirmação de Phil Spencer veio em uma entrevista realizada no evento WSJ Tech Live, pelo Wall Street Journal. Durante a entrevista, Spencer respondeu às perguntas dos telespectadores, uma das quais questionava o chefe da Xbox sobre seus planos para o Xbox começar a investir em projetos de realidade virtual.

Em resposta à pergunta, Spencer disse: “Acho que quando pensamos em imersão, pensamos em uma realidade mista, uma realidade virtual, vou até dizer um ‘metaverso’, que parece ser a palavra da moda agora. Acreditamos muito nessa plataforma de software e nos dispositivos que permitirão isso, com certeza, mas estamos focados muito mais no lado do software agora”.

Em seguida, continuou: “Quando penso em mundos imersivos e na conexão de um jogador com a comunidade, isso é algo que está no topo da nossa lista de investimentos. Acho que, com os dispositivos que estão disponíveis agora, ficamos conectados com muitos dos jogadores que estão por aí”,

Spencer deixou claro que a empresa atualmente irá focar no desenvolvimento de seus softwares e, por este motivo, a criação de um hardware projetado especificamente para a realidade virtual ainda não é uma das prioridades da companhia: “Acho que a inovação de hardware que está acontecendo é ótima e importante, mas agora estou decidindo ficar mais no lado do software. Acredito que terá uma escala melhor no longo prazo”.

Ao final de sua resposta, Phil Spencer falou sobre como admira o trabalho das empresas Sony, Oculus e Valve quando o assunto é realidade virtual: “Eu aplaudo o que a Sony está fazendo, eu aplaudo o que Oculus está fazendo, o que a Valve fez. Mas sim, vamos continuar como uma empresa com foco em software, e acho que é uma boa aposta”.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário