Vacinação avança em Aparecida: adolescentes com 17 anos já estão recebendo 1ª dose

Foto: Enio Medeiros

Dose de reforço também está sendo aplicada em idosos acima de 70 anos e imunossuprimidos em todos os nove postos que já aplicam a segunda dose

Os jovens com 17 anos começaram a ser vacinados nesta quarta-feira, 15, em Aparecida. A primeira dose pode ser encontrada em oito postos espalhados pela cidade. Na hora de receber o imunizante é necessário apresentar documento de identidade ou certidão de nascimento, CPF ou Cartão SUS de Aparecida e comprovante de endereço.

Os jovens nessa faixa etária podem procurar, sem necessidade de agendamento, o drive-thru da Cidade Administrativa, das 8 às 18 horas. Quem preferir receber o imunizante nas Unidades de Saúde (UBS’s) dos setores Andrade Reis, Anhambi, Jardim Olímpico, Bairro Cardoso, Jardim Florença e Veiga Jardim ou na Central Municipal de Imunização, precisa agendar pelo aplicativo “Saúde Aparecida”. O acesso pode ser feito pelo site da Prefeitura (aparecida.go.gov.br). As vagas são liberadas diariamente, a partir das 17 horas.

Após ser vacinada no drive da Cidade Administrativa, Helen Brenda Silva Vaz, 17 anos, ressalta a importância da vacinação em jovens como ela. “É importante a gente se vacinar pra se proteger e pra proteger também as outras pessoas, familiares os amigos do nosso círculo social, e é importante porque não se trata só da gente mas do coletivo como um todo”, conta. 

“Eu estou num alívio porque a gente fica dentro de casa, tentando se proteger e proteger a quem a gente ama, porque infelizmente tem muita gente com comorbidades perto da gente, e tem que ter esse cuidado de proteger não só a gente, mas como essas pessoas e agora com a primeira dose, já é um primeiro passo e o vírus não vai desaparecer com a primeira dose, tem que esperar a segunda”, ressalta Lara Araujo, 17 anos.

A Prefeitura realizará ainda a imunização de adolescentes com menos de 17 anos que se enquadrem nos seguintes grupos: gestantes e puérperas, pessoas com deficiência e jovens que estejam em cumprimento de medida socioeducativa. Neste último caso, a vacinação será in-loco, com as equipes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) visitando os centros de internação. Grávidas e adolescentes em pós-parto (até 45 dias), bem como as pessoas com deficiência precisam comprovar a situação.

Epitácio Isaac, 38 anos, aguardava ansioso pela vacinação da filha, Maria Eduarda. Ele conta sobre a ansiedade em ver a filha finalmente vacinada. “A gente aguardou muito por isso, então é gratidão e esperança de dias melhores. É um novo começo”. 

Ainda na fila da vacinação, Maria Eduarda Pedrosa Reis, 17 anos, conta sobre o nervosismo e alegria sentidos no momento. “Um pouco de nervosismo e alegria por poder estar vacinando. Depois de vacinar eu acredito que será melhor”, finaliza a jovem.

No drive-thru do Aparecida Shopping, Araci Moraes da Silva, 81 anos, toma a dose de reforço
Foto: Enio Medeiros

Dose de reforço dos 70+

Também foi iniciada nesta quarta-feira, 15, a aplicação da dose de reforço (Terceira Dose) para a população em geral, acima de 70 anos, em todos os nove postos que já aplicam a segunda dose: drive-thru do Aparecida Shopping e do Centro de Especialidades, UBS´s dos setores Andrade Reis, Anhambi, Bairro Cardoso, Jardim Olímpico, Jardim Florença e Veiga Jardim e Central de Imunização

Para esse grupo receber a terceira dose do imunizante é necessário respeitar o intervalo de seis meses após a última dose do esquema vacinal (segunda dose ou dose única), independente da vacina aplicada. Os acamados não precisam entrar em contato novamente com a Central de Imunização para agendar a aplicação do reforço. A SMS fará esse controle.

Acompanhada do esposo, Araci Moraes da Silva, 81 anos, não perdeu a oportunidade tomar a dose de reforço da vacina. A moradora do Conde dos Arcos, fala sobre o alívio em tomar a vacina. “Estou aliviada demais, a gente fica mais à vontade. É muito importante, porque já tomei as duas (doses), e essa agora depois que falaram que precisava eu achei ótimo”, conta.  

Seu esposo, Francisco Luiz da Silva, 84 anos, com poucas palavras descreveu o sentimento em tomar a dose de reforço. “Fico satisfeito, vou ficar com mais cuidado também”, pontua.

Dose de reforço dos imunossuprimidos

As pessoas com alto grau de imunossupressão também deverão receber a terceira dose a partir de amanhã, nos nove postos citados acima. Nesses casos, o intervalo para a dose de reforço deverá ser de 28 dias após a última dose do esquema básico, também independentemente da vacina aplicada.

Para facilitar o acesso, na quinta e sexta, 16 e 17 de setembro, a SMS visitará as clínicas de hemodiálise da cidade, onde muitos recebem atendimento. A imunização das pessoas vivendo com HIV ocorrerá das 8h30 às 16 horas, no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) do município, localizado no Centro de Especialidades.

Tipo de vacina usada na dose de reforço

Sobre o tipo de vacina indicado para a terceira dose, a coordenadora de Imunização da SMS, Renata Cordeiro, explica que ela poderá ser diferente daquelas aplicadas na primeira e segunda vez: “A recomendação é que a vacina a ser utilizada como terceira dose seja, preferencialmente, da plataforma de RNA mensageiro, ou, de maneira alternativa, vacina de vetor viral. Isto é, poderá ser da Pfizer, Janssen ou AstraZeneca, independentemente de qual tenha sido administrada até então”.

Quem são os imunossuprimidos

São considerados desse grupo as pessoas com imunodeficiência primária grave; em quimioterapia para câncer; transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras; pessoas vivendo com HIV/Aids com CD4 <200 céls/mm3; pessoas que fazem uso de corticóides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias; pessoas que fazem uso de drogas modificadoras da resposta imune; pacientes em hemodiálise; pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas (reumatológicas, auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias).

2ª dose segue sendo aplicada normalmente em Aparecida. É importante completar o esquema vacinal pra imunização completa (Foto: Enio Medeiros)

Segunda dose

A aplicação da segunda dose segue normalmente na cidade. O serviço está disponível nos drives do Aparecida Shopping e do Centro de Especialidades e na Central de Imunização, das 8 às 18 horas. As UBS’s dos bairros Anhambi, Cardoso, Andrade Reis, Jardim Olímpico, Jardim Florença e Veiga Jardim também oferecem o reforço do imunizante, das 8 às 16 horas. Para receber a dose de reforço em qualquer um desses locais não é necessário agendar, basta respeitar a data prevista no cartão de Vacinação e no dia programado apresentá-lo, juntamente com documento de identidade e CPF ou Cartão SUS.



Fonte: Prefeitura Municipal de Aparecida de Goiânia.

Leia mais notícias no Portal Defesa – Agência de Notícias.