Uma empresa de balões planeja comercializar viagens ao espaço

Créditos: Site Inovação Tecnológica

A empresa Space Perspective, uma empresa criadora de balões espaciais, pretende levar a população até o espaço antes mesmo do empresário Jeff Bezos. Além disso, a companhia afirmou que os ingressos para uma viagem de balão até o espaço serão mais acessíveis do que os valores bilionários de uma viagem no foguete do empresário.

Com o desenvolvimento da tecnologia, a viagem espacial está deixando de ser um sonho para se tornar uma realidade. Aliás, uma realidade que poderá se tornará cada vez mais acessível com o passar dos anos. Atualmente, pelo valor de 125 mil dólares, o que equivale a cerca de 690 mil reais, qualquer pessoa pode reservar uma passagem para visitar o espaço sideral.

Esta oportunidade bastante chamativa está sendo oferecida companhia Space Perspective, uma empresa de turismo espacial que criou uma espécie de cápsula espacial movida a um balão. Este veículo foi chamado de Neptune One e será utilizado para a realização de voos espaciais comerciais.

A Neptune One realizou seu primeiro voo de teste em junho de 2021 e, a partir do mesmo mês, a companhia Space Perspective informou que começou a aceitar reservas para os voos espaciais que acontecerão nos anos de 2024, 2025 e seguintes.

Durante seus voos espaciais planejados, a Neptune One estima poder transportar passageiros a cerca de 30 quilômetros no céu. No entanto, de acordo com a Federação Aeronáutica Internacional (FAI), o espaço sideral na verdade apenas começa a uma altura de 100 quilômetros. Isto quer dizer que, na verdade, os passageiros que comprarão uma passagem para embarcar na Neptune One apenas poderão ser considerados como turistas espaciais, e não como astronautas.

A nave espacial Neptune One possui três partes principais: uma delas é um grande balão espacial, que tem cerca de 100 metros de diâmetro e que funciona com a mesma tecnologia usada pela NASA em seus balões estratosféricos. A segunda parte da nave é formada por uma cápsula espacial pressurizada que permite aos passageiros ter uma visão panorâmica de 360 ​​graus do espaço a partir de onde estão. Por fim, a terceira parte da Neptune One é um sistema de aterrisagem com um paraquedas reserva, com o objetivo de fornecer aos passageiros um pouso seguro em caso de emergência.

Agências espaciais e empresas em todo o mundo já usam balões espaciais para transportar telescópios, robôs e alguns outros equipamentos utilizados para a realização de pesquisa no espaço. A diferença entre os foguetes espaciais grandes e pesados que vêm sendo criados recentemente e o balão espacial avançado da Neptune One é que este é leve e não causa nenhuma emissão prejudicial à natureza.