Spotify espera ter 400 milhões de usuários até o fim de 2021

Créditos: O Povo

A gigante do streaming de músicas e podcasts, Spotify, revelou que espera ter mais de 400 milhões de usuários até o final deste ano. A previsão foi feita de acordo com os crescentes números de assinantes que o serviço vem recebendo ao longo dos últimos tempos, principalmente tendo em vista seus grandes lucros no ramo de podcasts.

No momento, o Spotify tem 172 milhões de assinantes pagos e 381 milhões de usuários ativos mensais, isto é, mais de 200 milhões de usuários não utilizam os serviços pagos do streaming, mas ainda possuem uma conta na plataforma e a utilizam mensalmente.

A empresa anunciou estes números nesta quarta-feira (27), em seu relatório trimestral, que indicou um crescimento em comparação do último trimestre, quando o serviço possuía 165 milhões de assinantes pagos e 365 milhões de usuários ativos. O crescimento em ambos os números resultou em um aumento de 19% nos usuários da plataforma, o que havia sido previsto pela companhia anteriormente.

Este aumento no número de usuários significa que o Spotify continua a ser o maior serviço de streaming de música do mundo. Seus concorrentes, as plataformas Amazon Music e Apple Music, não divulgam de forma regular qual é o número de assinantes dos serviços, no entanto, conforme previsões feitas por sites como o Music Ally, é esperado que a Amazon Music possua 55 milhões de usuários ativos atualmente, enquanto a Apple Music possui aproximadamente 60 milhões.

Até o final do ano, os executivos do Spotify revelaram que esperam ter mais de 400 milhões de usuários ativos mensais, dos quais 177 milhões destes serão assinantes do plano Premium do serviço.

Neste ano, a receita da companhia aumentou 4%, obtendo um lucro de 2 milhões de euros apenas neste trimestre, o que equivale a cerca de 13 milhões de reais na cotação atual. A empresa revelou que estes ganhos foram impulsionados pelo crescimento da publicidade utilizada em podcasts que estão no ar através do serviço, gerando um crescimento de 13% na receita total da plataforma.

A companhia ainda afirmou que a quantidade de usuários que ouve podcasts está crescendo rapidamente e que o consumo deste tipo de mídia atingiu um novo recorde ao longo do último trimestre.

 A quantidade de podcasts disponíveis na plataforma agora é de aproximadamente 3,2 milhões, o que coloca a plataforma no primeiro lugar de streamings de podcasts que os ouvintes americanos mais utilizam atualmente.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário