Solenidade comemorativa da PMMG condecora militares e personalidades

A solenidade comemorativa aos 246 anos de atividades da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais (PMMG), aconteceu no dia 22 de junho, na Igreja do Evangelho Quadrangular de Barbacena (MG). O Comandante Regional, Coronel PM Robson Garrido de Paiva Silva, recebeu convidados e autoridades para a solenidade que condecorou militares e personalidades com a Medalha Alferes Tiradentes, Mérito Profissional e Mérito Militar, sendo esta última nos graus Bronze, Prata e Ouro. A cerimônia ocorreu respeitando-se todos os protocolos previstos para o atual momento pandêmico.

Durante a solenidade foram entregues as medalhas: Alferes Tiradentes, a mais alta comenda da PMMG, destinada a pessoas que prestam relevantes serviços e apoiam a Corporação no cumprimento de sua missão; Mérito Profissional, destinada a policiais militares da ativa, reserva ou reformados por atos de bravura ou ações meritórias; e Mérito Militar (graus Bronze, Prata e Ouro), destinada a militares como reconhecimento aos bons e leais serviços prestados ao longo da carreira. No local, foram colocados painéis pertencentes ao Museu do 9º BPM, com fotos antigas da PMMG contando um pouco a história da Corporação. Além de agraciar os indicados, foram reverenciados os profissionais da saúde em função do trabalho desenvolvido nas ações de combate e enfrentamento à pandemia da COVID-19, e ocorreu também a celebração dos 40 anos de ingresso da mulher policial militar nas fileiras da Corporação.

O Comandante da Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR), Brigadeiro do Ar Paulo Ricardo da Silva Mendes, foi agraciado com a Medalha Alferes Tiradentes. O Oficial-General descreveu que o recebimento da comenda é fruto de uma parceria entre as instituições em diversas atividades e em todas as esferas. “O recebimento desta comenda é motivo de muito orgulho porque essa Instituição, que tem mais de dois séculos de existência, realmente tem uma história muito rica. E um dos seus principais personagens que fizeram parte da PMMG foi justamente o Alferes Tiradentes que, além disso, é um personagem da história do Brasil como um todo. A Escola sempre se coloca à disposição para apoiar a Polícia Militar, particularmente a 13ª RPM e o 9° BPM, da mesma forma que estas Instituições sempre se colocam à disposição. Então, isso é basicamente um reconhecimento, a concretização desta parceria que perdura por anos e certamente vai continuar durante muito tempo”, concluiu.

A medalha

A Medalha objetiva distinguir as personalidades militares, civis e Instituições que prestam relevantes serviços à corporação nas ações em busca da paz social. Foi instituída pelo Decreto Estadual n° 29.774, de julho de 1989, e é outorgada durante as solenidades de aniversário da PMMG, que neste ano comemora os seus 246 anos.

A comenda constitui-se numa reverência ao protomártir da Independência do Brasil e foi inspirada na significação histórica de Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes. O valor e exemplo de acendrado amor deste herói à Pátria transcendem as fronteiras do tempo.

A medalha é confeccionada em tom suave de bege, destacando-se ao fundo a figura do Alferes Tiradentes e uma vista panorâmica de Ouro Preto. Na parte inferior, em uma faixa aberta, está inscrito o ano de 1775, que registra a criação do Regimento Regular de Cavalaria de Minas, unidade da qual se originou a PMMG. Acompanham a medalha, além do diploma, a passadeira e a roseta correspondentes.

Fotos: PMMG



Fonte: Força Aérea Brasileira.

Leia mais notícias no Portal Defesa – Agência de Notícias.