Sistema anti-trapaça de Call of Duty vaza um dia após ser anunciado

Créditos: TechTudo

O novo sistema anti-trapaça da franquia Call of Duty, que deve ser implementado no jogo online Call of Duty: Warzone, chamado de Ricochet, vazou através de fóruns na internet durante esta semana e isso permitiu que hackers já começassem a alterar o código para driblar o sistema de proteção do jogo.

Este sistema anti-trapaça, ao que tudo indica, deverá fazer parte de Call of Duty: Warzone, o jogo multiplayer da franquia, assim como do próximo título da série de FPS Call of Duty: Vanguard. O vazamento ocorreu apenas um dia após ter sido anunciado oficialmente por sua criadora.

Com o vazamento, o novo sistema de proteção para evitar a ação de hackers no jogo já está sendo comprometido, uma vez que os hackers já estão em busca de maneiras para evitar as redes de proteção que o Ricochet trará para os jogos da franquia.

O novo sistema foi anunciado na quarta-feira (13), através da Activision, que revelou alguns detalhes sobre como ele funcionará e informou aos jogadores que ele apenas controlará as atividades relacionadas ao jogo, ou seja, o sistema não irá invadir a privacidade dos jogadores nem acessar outros arquivos existentes em seus PCs.

Alguns especialistas em sistemas anti-trapaça foram os responsáveis por revelar a informação de que o novo sistema projetado para a franquia Call of Duty havia vazado e sido compartilhado por meio de inúmeros fóruns de jogos na internet.

Desde então, a equipe criadora do jogo Call of Duty: Modern Warzone confirmou que as informações sobre o programa anti-trapaça que circulam na internet são verídicas. De acordo com os arquivos, eles foram concluídos há apenas algumas semanas, tendo sido divulgado pela primeira vez, de forma oficial, pela equipe por trás da franquia Call of Duty durante a última semana.

Com o vazamento, os hackers que deseja burlar o novo sistema anti-trapaça agora possuem uma vantagem, tendo acesso aos arquivos e a possibilidade de desenvolver novos códigos para inutilizar o sistema de proteção que fará parte dos próximos jogos da franquia, criando a possibilidade de jogar de forma online fazendo o uso de hacks e obtendo vantagem sobre os demais jogadores.

A equipe desenvolvedora do jogo Call of Duty: Modern Warzone se pronunciou sobre o ocorrido: “Inúmeras fontes com bastante experiência no cenário hackers também receberam as mesmas evidências e podem confirmar que são todas reais. A proporção em que este vazamento se espalhou junto com o número de fontes que obtiveram e confirmaram isso aponta que provavelmente os arquivos serão de grande utilidade para aqueles dentro da comunidade de hackers.”

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário