Segurança dos moradores é foco de Plano de Revitalização da Região da Ponte São João

Segurança dos moradores é foco de Plano de Revitalização da Região da Ponte São João

Publicada em 15/09/2021 às 10:31

A Prefeitura de Jundiaí apresentou, na noite desta terça-feira (14), o Plano de Ação de Revitalização da Região da Ponte São João para seus moradores. O plano foi apresentado pelo gestor de Governo e Finanças, José Antonio Parimoschi,  responsável por articular todas as medidas com as demais unidades de gestão e órgãos de segurança.

Trata-se de um trabalho multisetorial envolvendo a Guarda Municipal, a Polícia Militar, a Polícia Civil, a Divisão de Fiscalização do Comércio e as unidades de gestão municipal, como Saúde, Infraestrutura e Serviços Públicos, Planejamento e Meio Ambiente, Comunicação e Assistência e Desenvolvimento Social.

Plano para a comunidade: Parimoschi explica detalhes do Plano de Ação de Revitalização

O plano tem o objetivo principal de diminuir os casos de criminalidade na Ponte São João e em bairros próximos através de intervenções de segurança com o Programa Bairro Seguro, a instalação de mais 12 câmeras de segurança (já tem 11 instaladas), a substituição de 281 luminárias por LED, a fiscalização e fechamento de comércios irregulares, a construção de três muros de contenção (localizados na rua Graff, na avenida José di Fiori e entre as ruas Dino e Angelo Rivelli), a revitalização de áreas públicas, uma campanha educativa sobre dar esmolas, além de outros, como o atendimento de saúde e assistência social à pessoa em situação de rua e drogadependentes.

“Entendemos que o Poder Público precisa ocupar os espaços públicos e manter a ordem social, junto com a Guarda e as forças policiais, para que as pessoas possam viver com segurança e tranquilidade. Aqui na Ponte São João, temos que atacar alguns gargalos para reduzir a incidência da criminalidade, especialmente a presença de moradores de ruas dependentes químicos”, explica o gestor de Governo e Finanças, José Antonio Parimoschi. “Este plano é a continuidade das ações iniciadas em 2019, quando o prefeito Luiz Fernando Machado esteve aqui discutindo as soluções com os moradores do bairro.”

O vice-prefeito Gustavo Martinelli lembra que a questão do bairro é complexa. “Nós, da prefeitura, fizemos diferentes reuniões de trabalho para chegarmos nesse plano e assim melhorar a vida no bairro.”

E algumas ações do plano já estão nas ruas. Na semana passada, a Guarda Municipal, a Divisão de Fiscalização do Comércio e a Polícia Civil fecharam três comércios irregulares de sucata na região da Ponte São João. Os comércios funcionavam sem alvará e já haviam sido notificados e multados em ações anteriores, em julho deste ano. 

Ao lado de Parimoschi, o tenente-coronel Paulo Henrique Rosas lembrou da importância de um trabalho integrado dos órgãos públicos

O plano faz uma análise do território, com o número de moradores, de residências, além de outros dados relevantes, como a atividade econômica e equipamentos públicos. “E, claro, fizemos um levantamento e nos aprofundamos nos problemas que existem nessa região”, afirma a gestora de Segurança Municipal, Carla Basson.

“Quando o Estado não está presente cria-se um estado paralelo, e por isso a presença da Prefeitura e das forças policiais é fundamental”, informa o delegado Marcel Fehr, representando a Delegacia Seccional de Jundiaí.

O tenente-coronel Paulo Henrique Rosas, do 49º Batalhão da Polícia Militar, diz que as ações precisam ser integradas. “Assim, poderemos corresponder às necessidades dessa comunidade.”

Membro da Associação de Moradores da Ponte São João, José Carlos Iop gostou do plano. “Para a Ponte São João, é muito bom. Isso deverá trazer um sossego para nós. Vai melhorar bastante, levando em conta que as coisas já estão acontecendo, a Prefeitura já está trabalhando no bairro.”

Para Francisco José Maia, a reunião foi proveitosa e atendeu às expectativas

Após a apresentação, moradores do bairro participaram da discussão e deram suas opiniões. Um deles, o aposentado Francisco José Maia, gostou do resultado da reunião de trabalho. “Foi proveitosa, atendeu às expectativas e nos deu oportunidade de falar o que pensamos sobre a situação do bairro.”

A Prefeitura fará o monitoramento permanente do plano de ação e a cada dois meses realizará uma reunião de avaliação dos resultados com a comunidade. 

Estiveram presentes o presidente da Câmara de Jundiaí, Faouaz Taha, e os vereadores Márcio Pentecostes de Souza e Quézia de Lucca. Da prefeitura, os gestores de Saúde, Tiago Texera, de Infraestrutura e Serviços Públicos, Adilson Rosa, de Planejamento e Meio Ambiente, Sinésio Scarabello Filho, de Assistência e Desenvolvimento Social, Maria Brant, de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Cristiano Lopes, o superintendente da Fumas, José Galvão Braga Campos e o comandante da Guarda Municipal, Benedito Marcos Moreno, entre outros. 

Assessoria de Imprensa
Foto: fotógrafo PMJ

Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2021/09/15/seguranca-dos-moradores-e-foco-de-plano-de-revitalizacao-da-regiao-da-ponte-sao-joao/

Galeria

Baixe as fotos desta notícia na resolução original


Fonte: Prefeitura Municipal de Jundiaí.

Leia mais notícias no Portal Defesa.