“Saúde Emocional e Qualidade de Vida” foi tema da palestra para as alunas da UNATI

A Universidade aberta a terceira idade (UNATI) da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) promove quinzenalmente, às quartas-feiras, palestras com temas importantes para o bem-estar das alunas. O projeto surgiu na pandemia para manter as atividades do UNATI funcionando.

Nesta quarta-feira, dia 24 de novembro, ocorreu a palestra com as estudantes do curso de psicologia, Ana Lindomar, Bruna Lorrane, Carla Karine e Magda Beatriz. O tema da palestra foi sobre ” Saúde Emocional e Qualidade de Vida “.

A palestra teve início com um exercício básico de respiração. A estudante Carla Karine simulou dois exercícios de respiração. O primeiro ela pediu para que fosse uma respiração mais rápida, e, logo depois, questionou o que os alunos estavam sentindo.

A aluna da UNATI, Maria Aparecida, relatou sentir cansaço com essa primeira etapa do exercício. A segunda atividade de respiração foi mais calma,  com uma respiração lentamente. Então a palestrante voltou questionar os alunos o que sentiram com essa nova etapa do exercício.

A aluna Dona Jesus disse que a respiração foi como um relaxamento. O exercício lhe auxiliou a ter uma respiração melhor.

Palestra sobre ” Saúde Emocional e Qualidade de Vida “

 

A aluna de psicologia, Magda Beatriz, deu início a palestra com a pergunta: O que é  saúde emocional?
Ela explicou que saúde emocional se refere às questões psicológicas. ” Saúde Emocional é sobre as questões emocionais, comportamentos que devem ser positivos, tentando fazer coisas que nos dão bem estar. A saúde emocional não quer dizer que não temos problemas, mas sim em como lidamos com esse problema “, afirma.

Depressão e Ansiedade também foram pautas na palestra. “Depressão: é uma doença que atinge atualmente uma quantidade de pessoas, é uma doença psicológica que afeta emoções, forma de reagir a determinadas situações. Uma doença recorrente a idosos”, afirmou a estudante de Psicologia Ana Lindomar.

Segundo as alunas de Psicologia, algumas situações do cotidiano podem provocar o indivíduo a ter ansiedade ou depressão. Episódios como: questões financeiras, problemas de saúde, atritos familiares contribuem para manifestação de alguma doença psicológica. A estudante Lindomar pontuou que pessoas com ansiedade tem mais chances de desenvolver depressão.

O evento foi ministrado pelas alunas do curso de Psicologia da UESPI e para finalizar, foi debatido sobre “Qualidade de vida”. As palestrantes enfatizaram sobre o jeito leve de viver, pois o conforto da vida vai além da ausência de problema, mas sim de como deve ser vivenciado.

A qualidade de vida tem haver com o auto cuidado, uma boa alimentação. Exercícios físicos são modos de melhorar a condição de vida.

A Rosângela Frota, aluna da Unati, confessou que a palestra foi de extrema importância e muito gratificante para ela, por todo conhecimento passado.  Para Dona Maria Eliete, também aluna do programo, a lição foi sobre envelhecer com qualidade de vida

 

 

 

Fonte: Governo do Piauí

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário