São Paulo inicia participação na Expo Dubai





Secretários do Governo do Estado e empresários paulistas apresentaram oportunidades de negócios



Tiveram início neste domingo (24) as atividades da Missão Dubai, que reúne integrantes do governo paulista e 42 empresários em viagem aos Emirados Árabes com o objetivo de ampliar as relações comerciais, culturais e turísticas com outros países.

No evento de abertura, diante de uma plateia de empresários e investidores estrangeiros, secretários do Governo de São Paulo apresentaram oportunidades de negócios de seus respectivos setores. Empresários paulistas que fazem parte da missão comercial promovida pela InvestSP, a Agência de Promoção de Investimentos e Competitividade do Estado de São Paulo, também detalharam seus produtos e serviços e iniciaram negociações comerciais.

“A Expo Dubai é o lugar certo para estar, especialmente após a pandemia. Este networking garante a possibilidade de cooperação e negócios”, destacou o Secretário de Relações Internacionais, Julio Serson.

Entre os dias 24 e 3, o Pavilhão Brasil, que fica no distrito da Sustentabilidade, terá o Estado de São Paulo como anfitrião da São Paulo Expo Week. Durante a semana serão promovidas apresentações artísticas, culturais e esportivas mostrando ao mundo como tradição e modernidade unem-se criando uma cultura única, vibrante e aberta aos negócios.

A InvestSP levou à Expo Dubai um grupo de empresários que participarão de encontros em Dubai, Abu Dhabi e Sharjah para a realização de negócios e a busca por investimentos. A Missão Dubai recebe investimento de R$ 4 milhões da iniciativa privada. “Nosso objetivo é facilitar negócios e trazer mais investimentos para o Estado de São Paulo. Hoje estamos aqui com mais de 30 empresas brasileiras e com mais de 30 empresas dos Emirados que buscam construir conexões e desenvolver novos negócios juntos”, afirmou o Presidente da InvestSP, Gustavo Junqueira.

Um grupo de Secretários do governo paulista promoverão o Estado como um hub de negócios no Brasil.

“São Paulo está transformando seu território para o turismo e imobiliário, estão surgindo grandes oportunidades de investimento como as concessões de aeroportos e o novo complexo do Ibirapuera”, ressaltou o Secretário de Turismo e Viagens, Vinicius Lummertz.

“O Brasil tem vocação para produzir uma ampla gama de produtos para todo o mundo. O agronegócio em São Paulo faz a diferença não só na produção, mas também na logística. É importante destacar a sustentabilidade da produção do Estado de São Paulo”, completou o Secretário de Agricultura e Abastecimento, Itamar Borges.

As Exposições Mundiais são conhecidas por representarem uma grande oportunidade para que os países mostrem suas características culturais mais influentes ou soft power. Por meio dele as nações buscam melhorar suas relações diplomáticas e comerciais com outras regiões.

Para mostrar o que tem de melhor ao mundo, São Paulo levará à Expo Dubai uma programação de 96 horas de apresentações. “São Paulo é o maior mercado de artes, mídia e entretenimento da América Latina. A economia de São Paulo está aberta e ávida por negócios”, destacou o Secretário de Cultura e Economia Criativa, Sérgio Sá Leitão.

Sobre a Expo Dubai

As Exposições Mundiais são realizadas desde 1851, a cada 5 anos. São eventos globais dedicados a encontrar soluções para os desafios fundamentais enfrentados pela humanidade. Dubai foi selecionada em 2013 para sediar a edição de 2020 da Expo. Com o tema “conectando as mentes e criando um futuro”, a edição atual da feira foi dividida em três setores: oportunidade, mobilidade e sustentabilidade.

Fonte: Governo do Estado de São Paulo

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário