Projeto ‘Manaus Sem Fumaça’ é apresentado por alunos da rede municipal de ensino

Projeto ‘Manaus Sem Fumaça’ é apresentado por alunos da rede municipal de ensino


Alunos da educação infantil e do ensino fundamental 1, da escola municipal Santo Agostinho, no Santo Agostinho, na zona Oeste de Manaus, apresentaram, durante esta terça-feira, 26/10, o projeto de combate às queimadas urbanas “Manaus Sem Fumaça”.

 


A apresentação dos alunos é resultado da formação de agentes multiplicadores da campanha “Manaus Sem Fumaça: diga não ao fogo”, que ocorreu no início de setembro e foi direcionada aos profissionais da rede municipal de ensino. A formação foi coordenada pelas secretarias municipais de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) e de Educação (Semed).

“Em setembro fizemos seminários de conscientização e de formação de novos agentes multiplicadores, que ficaram com a missão de levar a campanha de combate às queimadas para seus alunos. E hoje, ver esse trabalho é ter a certeza de que muitas sementes foram plantadas”, disse o chefe da Divisão de Educação Ambiental da Semmas, Raimundo Araújo.

A pedagoga da escola, Neirian Martins, agradeceu a oportunidade que deram às crianças, professores e direção, e segundo ela a campanha “Manaus Sem Fumaça: diga não ao fogo” deve ser trabalhada o ano todo nas escolas.

“É um tema de suma importância a ser trabalhado durante o ano letivo inteiro, porque sabemos que muitas das vezes as nossas próprias práticas diárias nos remetem a isso, sem nos darmos conta do mal que causamos ao meio ambiente e as nossas vidas. Desenvolvemos trabalhos como a peça teatral e musical, e durante uns 15 dias a gente foi fazendo trabalhos relativos a isso, de pesquisa, de pintura, de desenhos e orientações. Foi um trabalho muito prazeroso de ser desenvolvido”, disse Neirian.

 

De acordo com o coordenador da Divisão Distrital Zona Oeste (DDZ-Oeste), Sérgio Fernandes, as escolas têm desenvolvido várias ações pedagógicas, em parceria com a Semmas, para que assim possam fazer um trabalho de conscientização no combate às queimadas urbanas dentro da cidade de Manaus.

“Ações pedagógicas dentro das escolas como teatro, dança, música, teatro de fantoches, paródias, etc. É dessa forma que nós vamos ter cidadãos mais comprometidos com o meio ambiente e vamos ter uma sociedade melhor e mais justa para se viver”, observou.

 

Apresentação

Organizada pelos professores da escola, que faz parte da DDZ-Oeste, da Semed, a apresentação dos alunos foi dividida nos turnos matutino e vespertino. “Foram 80 crianças pela manhã e 70 à tarde, de 4 a 7 anos. Teve teatro, música, exposição de brinquedos reciclados, entre outras atividades”, destacou Araújo.

Um dos pontos altos da apresentação do projeto foi a encenação de uma peça teatral, que tratou sobre a coleta seletiva. “Por meio da música ou teatro, a ideia é que elas possam levar essas mensagens para os pais. A equipe da escola está de parabéns. É assim, unindo as forças, que vamos combater as queimadas e outros ilícitos ambientais”, avaliou Araújo.

Na última semana, alunos da creche Professora Elza Damasceno da Silva, do bairro Santo Antônio, também realizaram apresentações de combate às queimadas.

— — —

Fotos – Divulgação / Semmas

 

Notícias relacionadas




Fonte: Prefeitura de Manaus.

Leia mais notícias no Portal Defesa – Agência de Notícias.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário