Projeto do Inmetro é aprovado por programa de fomento do Sebrae

O Inmetro acaba de ter aprovado um projeto selecionado pelo Catalisa ICT, programa articulado pelo Sebrae, para o fomento de pesquisas com potencial inovador, em Ciência e Tecnologia. Desenvolvido pela equipe dos laboratórios de metrologia elétrica do Inmetro, o projeto prevê a criação de metodologia para plug-ins de instrumentação para softwares de simulação de sistemas elétricos de potência, que dará mais confiabilidade nos sistemas de medição.

“Nossa proposta é que os erros encontrados nos sistemas de medição, depois de modelados matematicamente a partir das medições nos laboratórios do Inmetro, possam ser incorporados (aplicados) aos softwares de simulação de sistemas de potência utilizados pelas empresas de energia”, comentou Marcelo Martins, pesquisador da Divisão de Metrologia Elétrica do Inmetro (Diele).

Segundo ele, o diferencial da pesquisa é conferir robustez à modelagem através de metodologias validadas através de medições de alta exatidão realizadas em laboratório.

“Desta forma, o produto que pode ser desenvolvido são plug-ins que simulam o comportamento real dos instrumentos. Esperamos que a aplicação represente contribuição na melhoria da confiabilidade e da eficiência energética dos sistemas elétricos de potência”, complementa Marcelo.
O projeto terá apoio de fomento de até R$ 150 mil e o Sebrae irá acompanhar o desenvolvimento desses negócios no mercado, incentivando o contato com possíveis investidores.

“O foco do Catalisa ICT é resolver grandes gargalos da sociedade, tendo como base a ciência e tecnologia. Especialmente nesse momento de pandemia, estamos vendo como isso é importante para superar desafios, e ainda para o fortalecimento da economia e crescimento do país”, comentou a analista de inovação do Sebrae, Hulda Giesbrecht.



Fonte: INMETRO