Programação virtual e homenagens marcam o mês da pessoa idosa em Belo Horizonte

Foto: Arte/PBH

Programação virtual e homenagens marcam o mês da pessoa idosa em Belo Horizonte

criado em 30/09/2021 – atualizado em 30/09/2021 | 18:28

Belo Horizonte celebra, pela primeira vez, em 2021, o Outubro Prateado, em alusão ao mês da pessoa idosa. Ao longo dos próximos dias, atividades organizadas pela Prefeitura de Belo Horizonte e por parceiros irão compor a programação. A campanha pretende estimular a preservação da autonomia e independência, reconhecer e agradecer aos cidadãos com mais de 60 anos por suas contribuições, além de buscar a construção de uma cidade que cuida da pessoa idosa e também se prepara para o envelhecimento. 

 

Nesta sexta-feira, 1º de outubro, é celebrado o Dia Nacional e Internacional da Pessoa Idosa. Para marcar a data e iniciar o mês de atividades, a Diretoria de Políticas para a Pessoa Idosa preparou um evento virtual em homenagem aos servidores públicos municipais com mais de 60 anos. O webinário “Relações intergeracionais no trabalho e o serviço público” terá palestras ministradas pela Dra. Andrea Quadros Pasquini, que falará sobre a importância da valorização do servidor 60+, e pela psicóloga Jéssica Silva, que discorrerá sobre a riqueza da integração geracional entre os servidores públicos. A atividade será realizada a partir das 10h, pelo canal da Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania no Youtube. 

 

Também no dia 1º, o Movimento Gentileza realiza a entrega de mais um mural do projeto Arte nos Lares, que une jovens artistas e pessoas que vivem em Instituições de Longa Permanência para Idosos para um encontro geracional por meio da arte. A convidada da vez é a artista Denise Sobrinho, a Dninja, que está pintando seus famosos pássaros nos muros internos da Casa Santa Zita, no bairro Funcionários. A programação do dia segue com atividades de parceiros. Às 16h30, acontece a 3ª Edição do Festival Coletivo Longevidade, realizado pela Rede Longevidade, e às 20h, o Baile on-line Juventude Prolongada, realizado pelo Instituto de Pesquisas e Projetos Empreendedores-  IPPE. 

 

A programação completa pode ser acessada no Portal da PBH.

 

Políticas para a pessoa idosa 

 

Na estrutura da Secretaria de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania está a Diretoria de Políticas para a Pessoa Idosa (DPEI) , que elabora e coordena as diretrizes de políticas públicas municipais da pessoa idosa. Além de proporcionar um espaço para discussões de temáticas das políticas públicas voltadas para a pessoa idosa, por meio de Fóruns Regionais, realiza eventos abertos ao público em geral e aos participantes dos projetos e ações que coordena. 

 

A DPEI também é responsável por coordenar o Centro de Referência da Pessoa Idosa (CRPI). Durante o período de pandemia e com a suspensão das atividades presenciais, os canais virtuais se tornaram as principais formas de contato e diálogo com os usuários e suas famílias, além de garantir a continuidade do trabalho realizado pelo CRPI desde junho de 2009. Aulas de artes,  prática do esporte e a possibilidade de convivência social, mesmo que de forma remota, foram essenciais para que os idosos enfrentassem o período de forma saudável e mantendo o vínculo com as equipes. 

 

Reconhecimento e diálogo 

 

Belo Horizonte vem avançando na construção e reforço de ações para completar as etapas da Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa (EBAPI). Ao final do processo, o município será certificado, como forma de reconhecimento pela promoção do envelhecimento ativo, saudável, cidadão e sustentável das pessoas idosas, por meio de ações que alcançam diferentes aspectos da vida. Também está em construção o Plano Municipal do Envelhecimento, com previsão de conclusão das etapas em 2022.

 



Fonte: Prefeitura de Belo Horizonte.

Leia mais notícias no Portal Defesa – Agência de Notícias.