Programa que levará água a escolas no Nordeste é lançado

O Governo Federal lançou nesta segunda-feira (02) o Programa Água nas Escolas em parceria com o Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) e a Fundação Banco do Brasil. O acordo de cooperação técnica foi assinado em cerimônia no Ministério da Cidadania com a participação do Presidente da República, Jair Bolsonaro.

O programa prevê, em uma primeira etapa, a construção de duas mil cisternas em estabelecimentos de educação nas zonas rurais e de periferia. Com um investimento de R$ 60 milhões, a expectativa é atender mais de 100 mil alunos em cerca de 350 cidades do Nordeste.

“Nós aqui, às vezes não damos muito valor à água, temos em abundância. Lá, quando você vê um velho nordestino, uma senhora de idade, com pele enrugada, entrando debaixo de uma bica d’água, não tem preço a alegria daquela pessoa, parece que ganhou na Mega-Sena”, disse o Presidente destacando a importância da água para a população no Nordeste do país.

Segundo o ministro da Cidadania, João Roma, o cenário exige um trabalho urgente e transformador e, que o acordo assinado nesta segunda (02) significa modernidade e eficácia em gestão pública.

“O último Censo Escolar apontou, na Região Nordeste, a existência de três mil escolas onde falta água. São alunos, professores e funcionários sem acesso à rede pública de abastecimento, a poço artesiano ou a cisterna. Por meio de tecnologia e sistema de abastecimento, o Programa Água nas Escolas vai mudar essa situação e garantir a oferta de água potável. Temos certeza que com melhores condições de infraestrutura haverá ganhos na qualidade de ensino, no rendimento dos alunos e no dia a dia das famílias”, ressaltou.

“O programa Água nas Escolas sintetiza o que perseguimos como gestores públicos: politica integrada, foco na saúde e na educação, investimento nas gerações que representam o futuro do Brasil”, afirmou.

Programa Cisternas

O acordo entre o Ministério da Cidadania, BNDES e Fundação BB está alinhado ao Programa Nacional de Apoio à Captação de Água de Chuva e Outras Tecnologias Sociais de Acesso à Água, o Programa Cisternas, que tem como objetivo a promoção do acesso à água para consumo humano e animal, e produção de alimentos. A ação beneficia por meio da aplicação de tecnologias sociais, famílias rurais de baixa renda atingidas pela seca ou falta regular de água nas escolas rurais.

“O Programa Cisternas, conduzido pelo Ministério da Cidadania, já entregou mais de um milhão e 100 mil obras em todo o país. É água para consumo, para produção agrícola, para as escolas e unidades do Sistema Único de Assistência Social, o Suas”, ressaltou o Ministro da Cidadania, João Roma.



Fonte: Gov.br