Professora monta diário da quarentena com relatos da rotina dos alunos em casa

O momento de pandemia trouxe uma série de problemas sociais, mas também motivou importantes reflexões. O isolamento social foi a temática escolhida pela professora Jerlany Séba para influenciar os alunos a escrever sobre suas rotinas. A atividade é parte da disciplina protagonismo juvenil na Escola Municipal Ofélio Leitão, zona Sul de Teresina.

Fotos: Ascom Semec

A unidade de ensino funciona em jornada de tempo integral, por isso possui em sua grade curricular disciplinas diversificadas. No protagonismo juvenil, a turma é estimulada a ter autonomia e responsabilidade para tomar decisões. Nesse sentido, as atividades práticas ganham destaque, sempre com a intenção de preparar os alunos para que sejam os principais atores de seus projetos de vida.

No Diário da Quarentena, desafio proposto pela professora Jerlany aos alunos do 6º ao 9º ano, os estudantes relataram em textos e desenhos as vivências do período em casa. “A pandemia alterou profundamente a rotina que nossos alunos tinham na escola, além do aprendizado formal, do espaço de socialização e crescimento pessoal”, disse a professora.

As produções trazem relatos pessoais sobre a rotina dentro de casa, onde compartilham suas comidas favoritas, filmes mais assistidos, animais de estimação e até desenhos sobre as paisagens vistas da janela. Tudo foi compilado em um diário da turma, que será discutido no retorno presencial.

“Falar sobre essas mudanças é fundamental para que possam aprender a se reorganizar em um contexto diferente. Traz reflexões sobre essa vivência e constrói memórias afetivas sobre experiências agradáveis durante o isolamento. Vamos mostrar que o aprendizado real pode ser mais significativo que os momentos difíceis que cada um deles está enfrentando”, conclui a professora.

Fonte: Prefeitura Municipal de Teresina.

Leia mais notícias no Portal Defesa – Agência de Notícias.