Prefeitura avança com obra da rotatória do Carangola

A Secretaria de Obras já retirou o muro que servirá para ampliar o trecho onde será construída a infraestrutura no acesso ao bairro, na Estrada União e Indústria.

A Prefeitura deu início nesta semana a mais uma etapa da construção da Rotatória do Carangola. Depois que a Companhia Petropolitana de Desenvolvimento – Comdep realizou a limpeza do terreno por onde será ampliada a Estrada União e Indústria no trecho, a secretaria de Obras faz agora a remoção do muro e nivelamento do piso para que, em breve, possa ser aplicada a nova camada de asfalto e a sinalização horizontal e vertical por parte da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes – CPTrans.

“As obras do DNIT na Estrada União e Indústria deveriam incluir a construção de rotatórias ao longo da via, de forma a melhor o fluxo de veículos no trecho, mas essas estruturas acabaram não entrando no projeto final. Estamos fazendo a rotatória do Carangola e cobrando que o DNIT faça as demais, utilizando recursos que a bancada de deputados do Rio já destinaram ao órgão, conforme já acordado. É um passo importante que estamos dando para melhorar a mobilidade urbana na cidade”, disse o governo municipal. Com a rotatória, os motoristas conseguirão fazer a manobra de acesso e saída do bairro ou ainda de acesso à Estrada da Saudade, sem que a manobra cause retenção nos dois sentidos da via principal.

Entenda

Considerado um dos pontos mais críticos do trânsito na cidade, o acesso ao bairro Carangola, na Estrada União e Indústria, começou a passar pelas obras, que vão reduzir significativamente os congestionamentos no trecho, no início de agosto. O objetivo é garantir mais fluidez no trânsito. A intervenção na infraestrutura viária é um projeto da atual gestão da prefeitura de Petrópolis e está sendo executada com recursos próprios do município.

“É uma intervenção simples, mas com grande impacto na mobilidade urbana. A ampliação da pista sobre o terreno, que fica no acesso ao bairro, vai permitir a criação de novos recuos para ônibus, onde serão instalados três abrigos na área de parada para os coletivos. O avanço pelo terreno permitirá ainda a criação de um ponto de parada de coletivos também na pista sentido distritos, sem que cause a retenção da faixa de rolamento”, destacou o diretor-presidente da CPTrans, que pontua ainda que, além dos recuos para os ônibus, “a ampliação das pistas no trecho vai permitir que o posicionamento dos veículos para a espera pela conversão de pista não interrompa o tráfego. A rotatória vai minimizar o impacto do retorno ou acesso ao Carangola e Estrada da Saudade sobre a União e Indústria”, ressalta.



Fonte: Prefeitura Municipal de Petrópolis.

Leia mais notícias no Portal Defesa – Agência de Notícias.