População não será prejudicada por radares reprovados pelo Ipem

AFERIÇÃO

População não será prejudicada por radares reprovados pelo Ipem
13/08/2021 | 17h43





A Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana, informa que dois equipamentos de fiscalização eletrônica foram reprovados em aferição do Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (Ipem-SP). Tratam-se dos radares da Av. Maria Thereza Silveira Barros Camargo e da Via Francisco D’Andrea (anel viário). Ambos estão fora de operação, sem aplicar autuações, até que se realize nova aferição pelo Ipem.

A reprovação do equipamento instalado na Av. Maria Thereza ocorreu por não ter registrado a imagem no momento da aferição, sem quaisquer irregularidades na medição da velocidade. Já o da Via Francisco D’Andrea foi reprovado pois, em duas das passagens do procedimento de aferição, registrou 0,1 km/h acima da tolerância permitida para aferição pela legislação metrológica, que é de 5 km/h, por segurança.

Segundo a pasta, a legislação também estabelece uma tolerância de 7 km/h para efeitos de registro de autuação de infração de trânsito. Isso significa que não houve prejuízo aos munícipes, uma vez que o equipamento está dentro da margem de tolerância estabelecida pela legislação para fins de operação.

A Secretaria de Mobilidade Urbana ressalta que todos os equipamentos em operação estão com aferição válida e dentro da legislação. Por fim, é importante lembrar que as aferições seguem um cronograma e sempre são realizadas antes da data de vencimento, trazendo uma margem de segurança, e que os procedimentos são designados pelo Ipem, órgão delegado do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

Notícias recomendadas para você

Fonte: Prefeitura Municipal de Limeira.
Leia mais notícias no Portal Defesa – Agência de Notícias.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário