População já conta com serviço de agendamento para doações de sangue

Foto: Bruno Campos e Lourdinha Miranda

Ação de divulgação do QR Code foi realizada no Dia Nacional do Doador de Sangue

Os doadores voluntários de sangue contam agora com um novo serviço de agendamento online para facilitar o acesso ao Serviço Municipal de Hemoterapia, da Secretaria de Saúde. Para divulgar o QR Code que acessa o link de agendamento, foi realizada Blitz Conscientizadora, nesta quinta-feira (25), em parceria das Secretarias de Mobilidade Urbana, Ordem Pública (Guarda Municipal) e Saúde, no Centro e na orla dos Cavaleiros. A ação faz parte da programação do Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue (25 de novembro) e da campanha “Doe Amor, Salve Vidas” da Semana do Doador Voluntário de Sangue.

A Blitz Conscientizadora divulgou a campanha e o QR Code junto aos condutores e pedestres. O objetivo é estimular a doação de sangue, facilitando acesso aos voluntários por meio de agendamento de dia e horário para comparecimento ao Hemocentro.

“Fazendo a leitura pelo QR Code, o voluntário é direcionado para a página de marcação. O Hemocentro funciona por livre demanda, das 7h30 às 11h. A doação é muito importante o ano todo, mas principalmente nessas épocas de festas de fim de ano e carnaval, quando o estoque fica bem baixo. E, por ser Macaé uma cidade que atende municípios vizinhos, pedimos a colaboração da população para a importância da doação de sangue sempre. A doação é um ato de amor com o próximo e todos os tipos de sangue são importantes. O Hemocentro está preparado para atender a demanda”, explicou a Secretária de Saúde, Liciane Furtado Cardoso.

A Coordenadoria de Educação para o Trânsito e guardas municipais participaram da abordagem divulgando o QR Code para agendamento da doação de sangue.

“A conscientização junto à população é muito importante, principalmente quando está chegando o período de festas de fim de ano e férias, onde aumentam as imprudências e acidentes de trânsito. Por isso, é tão importante o município desenvolver campanhas como essa. Além das ações educativas que a secretaria desenvolve, voltadas para a prevenção aos acidentes de trânsito, estamos sempre abertos para apoiar as campanhas desenvolvidas por outros órgãos municipais para sensibilizar a população”, pontuou o Secretário de Mobilidade Urbana, Jayme Muniz.

Entre as pessoas abordadas durante a ação no Centro, a equipe encontrou doadores regulares e de “primeira viagem”.

“Sou doador desde os 18 anos. Desde os tempos do Exército que sou doador de sangue”, disse o aposentado da Petrobras, Valdenir Marques da Costa, 55 anos.

Já a professora Paula Leonardo Santiago, 32 anos, estava a caminho do Hemocentro para doar sangue pela primeira vez. “Hoje, acordei e liguei para o Hemocentro e descobri que era o Dia Nacional do Doador de Sangue. Avisaram que eu podia ir. Já tinha vontade de doar há muito tempo, mas sempre acontecia alguma coisa para me impedir de ir. Sou doadora universal (O negativo). Como professora, tem um peso a mais doar sangue porque a gente influencia os alunos a fazerem o mesmo”, disse.

“O QR Code para agendamento é importante que a pessoa já vai direto, sem precisar ficar esperando, facilita muito com hora marcada. A doação é importante porque salva vidas. Muitas pessoas estão necessitando”, falou Maria Helena Cavararo, 54 anos, comerciante informal.

Fonte: Prefeitura Municipal de Macaé.

Leia mais notícias no Portal Defesa – Agência de Notícias.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário