Pesquisador inaugura coluna sobre aquaponia em revista nacional

A edição mais recente da revista Panorama da Aquicultura traz em destaque um artigo sobre aquaponia – criação de peixes e vegetais hidropônicos de forma integrada – assinado pelo pesquisador Paulo Carneiro, da Embrapa Tabuleiros Costeiros (Aracaju, SE) especialista em sistemas de produção aquícolas. Intitulado ‘Aquaponia, que novidade é essa?’, o artigo inaugura a coluna sobre o tema na revista, que ficará sob a curadoria técnica e editorial de Carneiro, e contará com textos de especialistas convidados a cada edição. “A ideia é sempre convidar especialistas no tema que trabalham em diversas instituições de pesquisa, ensino, e mesmo na iniciativa privada, no Brasil e até no exterior”, explica o pesquisador. Panorama da Aquicultura é uma publicação bimestral dedicada exclusivamente aos cultivos de todos os organismos aquáticos. O conteúdo completo da revista é exclusivo para assinantes. Para acessar conteúdos liberados e obter informações sobre assinatura, acesse panoramadaquicultura.com.br. Para ler a introdução do artigo inaugural, clique aqui. No texto, Carneiro apresenta as linhas gerais e potencialidades do sistema de aquaponia, uma técnica em franca expansão no Brasil e outros países, pela qual se cultivam vegetais hidropônicos (sem solo) associados à produção de peixes. O termo ‘Aquaponia’ é derivado da combinação das palavras “Aquicultura” (produção de organismos aquáticos) e ‘Hidroponia’ (produção de plantas sem solo). Os dejetos orgânicos produzidos pelos peixes, após filtragem biológica pela ação de bactérias, nutrem a produção de vegetais que, por sua vez, devolve a água limpa para os peixes. Um ciclo que propicia economia de água de quase 90% em relação ao cultivo convencional. “Em tempos de severas secas e grande escassez hídrica no Brasil, essa técnica altamente sustentável para produzir carne saudável e vegetais apresenta um grande potencial”, ressalta o pesquisador.

A edição mais recente da revista Panorama da Aquicultura traz em destaque um artigo sobre aquaponia – criação de peixes e vegetais hidropônicos de forma integrada – assinado pelo pesquisador Paulo Carneiro, da Embrapa Tabuleiros Costeiros (Aracaju, SE) especialista em sistemas de produção aquícolas.

Intitulado ‘Aquaponia, que novidade é essa?’, o artigo inaugura a coluna sobre o tema na revista, que ficará sob a curadoria técnica e editorial de Carneiro, e contará com textos de especialistas convidados a cada edição. “A ideia é sempre convidar especialistas no tema que trabalham em diversas instituições de pesquisa, ensino, e mesmo na iniciativa privada, no Brasil e até no exterior”, explica o pesquisador.

Panorama da Aquicultura é uma publicação bimestral dedicada exclusivamente aos cultivos de todos os organismos aquáticos. O conteúdo completo da revista é exclusivo para assinantes. Para acessar conteúdos liberados e obter informações sobre assinatura, acesse panoramadaquicultura.com.br. Para ler a introdução do artigo inaugural, clique aqui.

No texto, Carneiro apresenta as linhas gerais e potencialidades do sistema de aquaponia, uma técnica em franca expansão no Brasil e outros países, pela qual se cultivam vegetais hidropônicos (sem solo) associados à produção de peixes. O termo ‘Aquaponia’ é derivado da combinação das palavras “Aquicultura” (produção de organismos aquáticos) e ‘Hidroponia’ (produção de plantas sem solo).

Os dejetos orgânicos produzidos pelos peixes, após filtragem biológica pela ação de bactérias, nutrem a produção de vegetais que, por sua vez, devolve a água limpa para os peixes. Um ciclo que propicia economia de água de quase 90% em relação ao cultivo convencional. “Em tempos de severas secas e grande escassez hídrica no Brasil, essa técnica altamente sustentável para produzir carne saudável e vegetais apresenta um grande potencial”, ressalta o pesquisador.



Fonte: Embrapa

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário