Para definir Plano de Desenvolvimento Rural Sustentável, Conselho e Sidagro preparam Conferência

Campo Grande, 04/08/2021 às 11:49

O Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRS) dá esta semana o primeiro e decisivo passo para elaboração do documento que vai materializar o Plano de Desenvolvimento Rural Sustentável de Campo Grande, a futura política municipal para o setor. Em reunião online na tarde de ontem (3) do qual participaram os órgãos públicos e privados que compõe o conselho, foi apresentada a ideia inicial de como será esse importante documento, referência para a Conferência Municipal.

Rodrigo Terra, secretário Municipal de Inovação, Desenvolvimento Econômico e Agronegócio (Sidagro), apresentou as primeiras ações da Sidagro voltadas para o agronegócio. Terra destacou o Plano Municipal de Agricultura Urbana e assinou ao vivo o documento que contém a regulamentação desse plano, que será agora encaminhado à PGM (Procuradoria Geral do Município) para receber o parecer jurídico.

“Queremos também informar aos membros desse conselho que estamos construindo o documento que visa a criação do Parque Tecnológico e de Inovação, importante projeto que propõe setorizar as ações nessa estação digital, priorizando as empresas e startups que atuem no agronegócio”, destacou Rodrigo Terra, confirmando esse novo momento que a Sidagro passa a ter, chamando o CMDRS como parceiro na elaboração de propostas de trabalho visando o desenvolvimento rural no município de Campo Grande.

Para o presidente do CMDRS, professor Ivo Bussato, essa reunião do conselho teve uma conotação especial com a participação do secretário da Sidagro, que reafirmou a parceria com o conselho na elaboração de novos projetos. “Com certeza essa é a melhor forma de traçar e definir políticas públicas para atendimento do setor rural de Campo Grande” declarou Bussato, comemorando o fato de que essas políticas públicas possam ser definidas com a participação da comunidade. “Será um trabalho longo, mas necessário para definir uma ação que vai beneficiar não apenas o setor rural, mas todo o desenvolvimento sócio-econômico de Campo Grande”, completou Bussato.

Conferência

Conforme o comitê que prepara o documento referência, em cerca de 3 meses o texto estará concluído, quando a Prefeitura passará a aguardar o melhor momento para realizar a Conferência que vai tratar da elaboração do Plano Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável.

“Esse documento de referência virá com diagnóstico, com um cenário de projetos futuros e projetos que poderão compor esse Plano, no sentido de alcançar todas as dimensões do desenvolvimento rural”, afirma João Duarte Nogueira, superintendente do agronegócio da Sidagro. “As dimensões sugeridas deverão contemplar as áreas: econômica, da saúde, infraestrutura e logística, comunicação, educação e, principalmente, a ambiental que hoje se torna muito importante”, completou Duarte

Fonte: Prefeitura Municipal de Campo Grande – MS.

Leia mais notícias no Portal Defesa – Agência de Notícias.