Paço do Frevo tem programação especial para celebrar o Dia Nacional do Frevo

 

Amanhã (14), o Paço do Frevo prepara o terceiro andar do museu para uma ocasião especial: a celebração do Dia Nacional do Frevo. Para comemorar a data, o Centro de Referência em Salvaguarda do Frevo vai receber apresentação especial e virtual da Orquestra Arruando, com a presença do saxofonista, maestro e Mestre-Vivo Edson Rodrigues.  A programação começa às 19h, com transmissão no canal do museu no Youtube (youtube.com/pacodofrevomuseu).

No calendário pernambucano, a data é a segunda dedicada ao gênero musical que é patrimônio cultural do Brasil e da humanidade. O frevo também tem efeméride local, sendo celebrado ainda no dia 9 de fevereiro, na terra onde nasceu. A data local faz referência à primeira vez que o termo “frevo” foi citado na imprensa, no Jornal Pequeno do Recife, em 1907. Já o 14 de setembro diz respeito à data de nascimento do jornalista Osvaldo Almeida, responsável por formalizar o batismo do frevo na imprensa. Quem é de fato bom pernambucano aproveita todos os ensejos para celebrar o frevo e o Paço vai garantir a festa virtual.

O show virtual, especial e inédito da Orquestra Arruando trará no repertório músicas das principais fases do Frevo, ao longo de seus mais de cem anos de existência, gravadas recentemente pela Orquestra. Composições dos pernambucanos Capiba, Zé Menezes, Capitão Zuzinha e Banda de Pau e Corda, além do cearense Fausto Nilo e dos baianos Caetano Veloso e Armandinho, serão executadas ao vivo. A live será transmitida do terceiro andar do museu, a partir das 19h. 

A apresentação marca o lançamento do projeto “O Frevo vive, o Frevo pulsa, o Frevo continua”, da Orquestra Arruando, que reúne o documentário “O Frevo: conversas livres com os mestres” e cinco shows inéditos do conjunto. A playlist com os seis vídeos será disponibilizada nos canais do YouTube do Paço do Frevo e da Orquestra Arruando. 

O longa-metragem “O Frevo: conversas livres com os mestres”, dirigido por Nilo Otaviano e Lucas Fitipaldi, apresenta 12 visões (de músicos, Mestres-Vivos do Frevo, pesquisadores…) do que foi, é e pode vir a ser o Frevo. Já os shows, gravados sem público no Teatro do Parque e Arena Pernambuco, no início deste ano, são temáticos: “O Frevo dos Anos 60-70-80”, “A Universal Música Pernambucana”, “Clássicos Natalinos Arranjados nos Ritmos Pernambucanos”, “O Frevo de José Constantino” e, lançando a Camerata Arruando, o show “O Novo Sotaque da Música Pernambucana”. O projeto “O Frevo vive, o Frevo pulsa, o Frevo continua” foi realizado por meio da Secult-PE, com recursos federais da Lei Aldir Blanc.

Formada em 2013, a Orquestra Arruando traz no seu nome o local de origem do próprio Frevo: a rua, seja ela do bairro de São José, de Santo Antônio, da Boa Vista ou as ladeiras de Olinda. O projeto foi criado com a meta de implementar um projeto de valorização da música e da dança que são patrimônio cultural.  Em sua formação completa, a Orquestra Arruando conta com cerca de 40 integrantes. Mas, para homenagear o Frevo no seu dia nacional e manter o distanciamento necessário à prevenção da Covid-19, vai se apresentar no Paço do Frevo com formação reduzida e celebrar com segurança. Para este show, a Arruando conta com patrocínio da Fundarpe.

Paço do Frevo – O Paço do Frevo, espaço cultural mantido pela Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundação de Cultura Cidade do Recife, e gerido pelo Instituto de Desenvolvimento e Gestão (IDG), é reconhecido pelo IPHAN como centro de referência em ações, projetos, transmissão, salvaguarda e valorização de uma das principais tradições culturais do Brasil. Registrado patrimônio pela UNESCO e pelo IPHAN, o frevo é um convite à celebração da vida, por meio da  ativação de memórias, personalidades e linguagens artísticas, que no Paço do Frevo encontram seu lugar máximo de expressão, na manutenção de ações de difusão, pesquisa e formação de profissionais nas áreas da dança e da música, dos adereços e das agremiações do frevo. Ao longo de sete anos, recebeu mais de 700 mil visitantes, teve mais de 2 mil alunos formados em suas atividades e promoveu mais de 600 apresentações artísticas, em atividades presenciais e virtuais, que incluem o denso engajamento de seus mais de 60 mil seguidores nas redes sociais.

 

SERVIÇO

Especial Dia Nacional do Frevo com a Orquestra Arruando
Data: 14 de setembro
Horário: 19h
Local: Do 3º andar do Paço do Frevo para a casa do público, através do canal do YouTube do Paço do Frevo (youtube.com/pacodofrevomuseu)

 

Fonte: Prefeitura de Recife.

Leia mais notícias no Portal Defesa – Agência de Notícias.