Oppenheimer, de Christopher Nolan, deve chegar aos cinemas em 2023

Créditos: The Playlist

Depois de produzir grandes filmes de sucesso, tanto financeiro quanto crítico, para os estúdios da Warner Bros., o diretor Christopher Nolan levou seu talento para o estúdio Universal Pictures e tem planos de lançar seu primeiro filme na nova produtora ainda em 2023.

A data de lançamento de seu novo filme, Oppenheimer, foi anunciada esta semana e está programada para 21 de julho de 2023. Segundo as novas informações sobre este projeto, a produção do filme também já tem data marcada e iniciará em 2022.

Nolan escreverá e dirigirá o filme baseado na vida de J. Robert Oppenheimer, o homem responsável pelo desenvolvimento da bomba atômica durante o Projeto Manhatten, na era da Segunda Guerra Mundial.

O roteiro do novo filme será baseado no livro American Prometheus: O Triunfo e a Tragédia de J. Robert Oppenheimer, do escritor Kai Bird, que o criou em parceria com o já falecido Martin J. Sherwin. Cillian Murphy, que sempre está presente nos filmes de Christopher Nolan, já teve seu papel definido para o novo projeto: ele interpretará Oppenheimer.

Além de Murphy, outros nomes que já trabalharam com o diretor também farão parte do novo filme. Entre eles estão os produtores Emma Thomas e Charles Roven, o diretor de fotografia Hoyte Van Hotema, a editora Jennifer Lame e o compositor Ludwig Göransson. 

A presidente do grupo Universal Filmed Entertainment, Donna Langley disse que o estúdio está animado para ver como será o novo projeto do diretor: “Os filmes de Christopher Nolan e de Emma Thomas quebraram os limites do que a narrativa cinematográfica pode alcançar. Estamos entusiasmados por trabalhar ao lado deles neste projeto extraordinário e somos gratos por sua paixão e compromisso com a experiência do cinema.”

Oppenheimer marcará o segundo filme de guerra feito por Nolan, depois de seu aclamado filme Dunkirk, embora ele sempre tenha se interessado por outros tipos de trabalhos, com mais influência de elementos da ficção científica, como foi o caso de seus filmes A Origem e Tenet.

Como muitos de seus outros trabalhos, o filme está sendo descrito como um “paradoxo”, assim como um “thriller”. Nolan e Van Hoytema irão produzir o filme com filmagens diretamente de câmeras IMAX, o que levará seus fãs a terem uma experiência teatral impressionante, sendo capazes de capturar os surpreendentes truques cinemáticos do diretor e leva-los às telonas com uma incrível resolução de imagem.