Nova aeronave eVTOL chinesa também se transforma em carro de luxo

Créditos: Electrek

Um novo eVTOL desenvolvido pela China também poderá funcionar como um carro de luxo, conforme explicado pela fabricante do novo veículo. O modelo ainda se encontra em fase de produção, no entanto, poderá chegar ao mercado a partir de 2024.

Novidades sobre o mundo dos veículos eVTOL, aeronaves que utilizam energia elétrica tanto para decolarem quanto para se locomoverem, são cada vez mais presentes no dia a dia, entretanto, a companhia Xpeng, da China, trouxe ainda mais novidade para este setor de veículos.

A HT Aero, uma afiliada da fabricante de veículos elétricos Xpeng, publicou um vídeo nesta semana, mostrando aos aficionados neste tipo de tecnologia que a montadora está atualmente trabalhando em um novo conceito para seu futuro projeto. Isso significa que a próxima aeronave eVTOL não apenas poderá voar, mas também se transformar em um carro, podendo ser utilizada normalmente nas ruas e estradas.

O vídeo publicado pela HT Aero veio acompanhado de outro comunicado oficial feito pela companhia, que indica que a empresa tem trabalhado em VTOLs por um tempo e já possui até mesmo alguns protótipos inovadores para mostrar.

A montadora de veículos elétricos quer ser responsável pela criação do carro voador elétrico inteligente mais seguro já produzido, o que pode resolver problemas de tráfego, mas também servir como um veículo de resgate em situações de emergência e para uso policial, além de ser uma peça de muito valor para a indústria do turismo.

Ao contrário dos modelos planejados para seus outros veículos eVTOL, o “carro voador” não é nada parecido com seu protótipo e, de acordo com o vídeo compartilhado pela companhia, ainda há pouco trabalho desenvolvido para trazer o veículo à realidade, além de algumas imagens criadas utilizando programas de computadores.

Definitivamente, é muito mais fácil fazer passar a trabalhar no protótipo do veículo utilizando programas de edição do que na realidade, no entanto, a partir do momento em que a empresa começar a tornar este conceito real, é possível que o design final do veículo seja diferente do que foi mostrado no vídeo.

Há também algumas dúvidas a respeito de como uma bateria poderá oferecer o suporte necessário para um veículo que carrega mecanismos para dois meios de transporte distintos.

Por essa razão, é provável que o veículo venha a ter um design bastante leve e não seja um carro com uma aparência tão luxuosa conforme demonstrado no vídeo divulgado pela companhia.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário