Melhores formas de configurar o Free Fire


Saiba como melhorar a jogabilidade e sensibilidade do game, confira as dicas e segredos que os profissionais normalmente não contam.

Um dos melhores jogos para celular, o Free Fire da Garena, está de cara nova em 2020 e como todo game Battle Royale, ele também precisa de uma configuração que seja a melhor de todas, para oferecer uma melhor experiência de jogo para o usuário.

Confira a seguir, quais são as configurações do Free Fire que vão fazer a jogabilidade, assim também como a sensibilidade do game, ficarem bem melhores:

Melhorando o gráfico

Dependendo de cada dispositivo, o gráfico do jogo pode atrapalhar muito, como por exemplo, se estiver mal configurado, pode vir a travar a tela ou fazer o game ficar mais lento.

Por isso, saiba o que cada opção de gráfico do jogo quer dizer, para que seu jogo rode perfeitamente, sem maiores dores de cabeça:

Suave – costuma diminuir a qualidade da imagem, melhora o jogo e aumenta a durabilidade da bateria.
Padrão – tudo fica em equilíbrio.
Ultra – a bateria fica mais curta, a imagem fica melhor, mas o jogo pode ficar mais lento, caso o dispositivo tenha pouca memória e um processamento muito baixo.

Desempenho

Este tipo de configuração afeta diretamente o gráfico do jogo. Nela, o usuário poderá alterar o brilho e o Frames Per Second (quadros por segundo). Entenda o que cada opção altera:

Brilho/ clássico – mantém as cores originais do game e normaliza a duração da bateria.
Brilho /Brilho – as cores são realçadas e os gráficos sugam mais a bateria.
FPS /normal – deixa o consumo da bateria equilibrado.
FPS /alto – o desempenho do Free Fire melhora, mas o consumo da bateria aumenta.

Sensibilidade

Ela determina a precisão dos tiros dentro do jogo, sua configuração vai depender muito do tipo e modelo do dispositivo usado. E para se ter mais controle na hora de dar alguns disparos, será preciso seguir as seguintes dicas de configuração de sensibilidade para cada aparelho:

configurar o Free Fire
configurar o Free Fire

Opções de mira

Aqui, o jogador escolhe a mira que mais lhe agrada, dependendo de sua estratégia de jogo, a arma utilizada e o tipo de trocação a ser feita.

Veja como cada mira oferece um tipo diferente de resultado:

Mira padrão: este modo é automático, possibilidade dar os famosos ‘headshots’ (os tiros na cabeça) com maior precisão. Enfim, é uma opção bacana para quem está começando agora no Free Fire.
Mira controle total: aqui o jogador tem o controle total da sua arma e como ele vai querer usá-la. É o tipo de mira preferida dos profissionais que conhecem bem o jogo e que escolhem jogar em squad.
Mira precisa: nesta opção, os três modos ficam se alternando, dependendo de onde o inimigo estiver e da arma utilizada.

Além de configurar todas estas opções, escolher bem uma arma pode fazer muita diferença no Free Fire. Por isso, se o combate for para longas distâncias, use as armas de longo alcance com mira e se o inimigo estiver mais perto, use as de curto alcance para facilitar o seu jogo.

configurar o Free Fire

Por Alan Carvalho.

Leia também: As skins mais raras e desejadas do Free Fire.

Como encontrar guildas para jogar no Free Fire.

Veja outras dicas de games na categoria Games.