Defesa

Medidas de combate à pandemia em BH são destaque em evento do governo alemão

Foto: Divulgação/PBH

Medidas de combate à pandemia em BH são destaque em evento do governo alemão

25/06/2021 | 10:22 | atualizado em 25/06/2021 | 10:22

A Prefeitura de Belo Horizonte apresentou, durante a Conferência Federal Alemã sobre Política de Desenvolvimento Municipal, boas práticas da administração na gestão da pandemia de Covid-19. Promovida pelo Ministério Federal para a Cooperação e Desenvolvimento da Alemanha, entre 16 e 17 de julho, a Conferência foi transmitida ao vivo do World Conference Center de Bonn, Alemanha, e contou com a presença de mais de 800 representantes de governos e organizações de diversos países. 

 

O diretor de Relações Internacionais da Prefeitura (Suaie/Smde), Hugo Salomão, representou Belo Horizonte na Conferência, trazendo informações sobre a gestão técnica e baseada em evidências implementada pela PBH.  “Belo Horizonte foi a primeira capital brasileira a implementar políticas de isolamento social como combate à Covid-19, criando um  Comitê de Crise formado por cientistas e especialistas. Como resultado, é a capital brasileira com mais de 1 milhão de habitantes com a menor taxa de mortalidade por Covid, sendo referência para a Organização Pan-Americana da Saúde, parte da Organização Mundial da Saúde”, explica. 

 

Foi apresentada também a experiência do Repositório de Recomendações e Boas Práticas Internacionais em Resposta à COVID-19, elaborado com o objetivo de subsidiar a administração municipal com insumos para apoiar os processos de tomada de decisão durante a pandemia, em todas as suas áreas de atuação. Até o momento foram publicadas 18 Edições do Repositório, sistematizando aproximadamente 2 mil iniciativas, de 160 países e 133 organizações internacionais. O RRBPI foi produzido em português e traduzido para inglês, espanhol e francês, e distribuído a centenas de parceiros, nacionais e internacionais, da Prefeitura de Belo Horizonte. 

 

“As estruturas internacionais das cidades podem desempenhar um papel muito relevante às administrações municipais, sobretudo em contextos de crises. Em nosso caso, atuamos na construção de conhecimentos e capacidades, como no Repositório, viabilizando oportunidades de cooperação e financiamentos internacionais, e até mesmo nas negociações para aquisição de vacinas e insumos hospitalares relacionados à pandemia, por exemplo” aponta Hugo Salomão. 

 

Participaram da Conferência autoridades alemãs como Norbert Barthle, Secretário de Estado Parlamentar do Ministério Federal da Economia e Cooperação; Gerd Müller, Ministro Federal do Desenvolvimento; Armin Laschet, Primeiro-Ministro da Renânia do Norte-Vestfália; Katja Dörner, Prefeita da cidade de Bonn; e o Professor Dirk Messner, Presidente da Agência Federal do Meio Ambiente.
 



Fonte: Prefeitura de Belo Horizonte.

Leia mais notícias no Portal Defesa – Agência de Notícias.