Margareth Dalcolmo recebe prêmio Nise da Silveira


Pneumologista e pesquisadora da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Ensp/Fiocruz), Margareth Dalcolmo foi agraciada, nesta quarta-feira (19/5), com o prêmio Nise da Silveira. Oferecido pela Prefeitura do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria Especial de Políticas e Promoção da Mulher, a homenagem é um reconhecimento às “mulheres que abrem espaço para o amanhã” realizando diferentes esforços para salvar vidas, barrar o contágio e proteger os seus territórios durante a pandemia de Covid-19. O prêmio foi entregue pelo prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e pela secretária de Políticas e Promoção da Mulher, Joyce Trindade.

“Recebo o prêmio Nise da Silveira, generosamente outorgado pela Prefeitura do Rio de Janeiro em reconhecimento à nossa atuação durante o período da pandemia de Covid-19, com especial emoção. Tive o privilégio de conhece-la em vida, e foi uma mulher extraordinária, de aparência delicada, mas uma gigante como médica, com mulher e que venceu inúmeros obstáculos. Foi a única mulher na sua formatura universitária entre 157 homens e lutou contra o preconceito, contra exclusão dos pacientes psiquiátricos e pela cidadania. É, sem dúvida, um exemplo de mulher, médica e cidadã brasileira”, afirmou a pesquisadora homenageada.

O prefeito Eduardo Paes destacou o papel da mulher no enfrentamento à pandemia. “O tema dessas homenagens tem a ver com a realidade que estamos durante a pandemia de Covid-19, que vem causando tantas desgraças e tragédias em todo o mundo. Na mobilização para encontrar soluções ou minimizar impactos negativos da pandemia, tivemos um protagonismo enorme das mulheres. Parabéns”.

Prêmio Nise da Silveira

O prêmio Nise da Silveira foi instituído no dia 7 de março de 2013, e tem o nome da médica que revolucionou a psiquiatria no Brasil, deixando um imenso legado para a sociedade. Anualmente, o prêmio é celebrado para ressaltar e valorizar a mulher carioca pelo destaque em ações que impactaram e ressignificaram a vida de muitas mulheres.

Margareth Dalcolmo

Pneumologista e pesquisadora da Fiocruz e doutora em Medicina pela Universidade Federal de São Paulo, com experiência na condução e participação de protocolos de pesquisa clínica e tratamento da tuberculose e outras micobacterioses. É membro de Comissões Científicas das Sociedades Brasileiras de Pneumologia e Tisiologia e de Infectologia, da Rede TB de Pesquisa em Tuberculose e membro do Steering Committee do Grupo denominado Resist TB, da Boston Medical School. Integra também o Expert Group for Essential Medicines List da Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Regional Advisory Committee do Banco Mundial para projetos de saúde na África Subsaariana em Tuberculose e doenças respiratórias ocupacionais. 

Tem mais de 100 artigos científicos publicados nacional e internacionalmente.

Docente da Pós-Graduação da PUC-RJ, é membro e ex-coordenadora da Câmara Técnica de Pneumologia e Cirurgia Torácica do Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (Cremerj). Investigadora principal dos ensaios clínicos SimplicTB da Global Alliance for Tb Research e Brace Trail para vacina BCG para prevenção da Covid-19. Colunista semanal do jornal O Globo em Hora da Ciência

Presidente Eleita para a Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisologia para o biênio 2022-2024.

* Foto: Beth Santos / Prefeitura do Rio

Fonte: Fundação Oswaldo Cruz