Live marcará o Dia Internacional contra a Discriminação Racial na Bahia

Integrando o conjunto de atividades alusivas ao Dia Internacional contra a Discriminação Racial, data emblemática na luta antirracista, a Sepromi realiza atividade virtual nesta sexta-feira (19), a partir das 10h, debatendo o tema “Atualizando os desafios no combate ao racismo”. O evento, que acontece no canal da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi) no Youtube, faz parte da agenda da Década Internacional Afrodescendente na Bahia.

A live terá como debatedoras a titular da Sepromi, Fabya Reis, a historiadora e educadora Silvany Euclênio, a pró-reitora de Ações Afirmativas da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Cássia Virgínia Maciel, com participação especial da poetisa Sandra Liss. Os internautas poderão interagir durante as discussões, através do envio de perguntas às convidadas.

Sobre a data

O Dia Internacional de Luta pela Eliminaçãoda DiscriminaçãoRacial foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em referência ao Massacre de Sharpeville. O fato ocorreu em 21 de março de 1960, em Joanesburgo, na África do Sul, quando 20 mil pessoas faziam um protesto contra a Lei do Passe, que obrigava a população negra a portar um cartão que continha os locais e limitações para sua circulação, uma medida notadamente discriminatória. Porém, mesmo tratando-se de uma manifestação pacífica, a polícia do regime de apartheid abriu fogo sobre a multidão desarmada resultando em 69 mortos e 186 feridos. A data também marca, no Brasil, a inclusão de Zumbi dos Palmares na galeria dos Heróis Nacionais, em 1997.

Silvany Euclêncio

Professora, historiadora, educadora social, ativista do movimento social negro. É pesquisadora sobre relações raciais, história e cultura africana e afro-brasileira; editora e moderadora do canal Pensar Africanamente no Youtube, canal que também conta com perfis no Instagram e no Facebook.

Cássia Virginia Bastos Maciel

Psicóloga graduada pela Universidade Federal da Bahia/UFBA, possui especialização em Gestão de Pessoas no Serviço Público com Ênfase em Gestão por Competências. Atualmente exerce o cargo de Pró-Reitora de Ações Afirmativas e Assistência Estudantil da Universidade Federal da Bahia. É mestranda do Programa Multidisciplinar em Estudos Étnicos e Africanos-Pós Afro/FFCH/UFBA.

Fonte: Ascom/Sepromi

Fonte: Governo da Bahia