Laboratório Central vai restringir atendimento a partir de 1º de dezembro

Uma Portaria Interna de nº 705 de 25 de novembro de 2021, assinada pelo Secretário Municipal de Saúde Vinícius Amoroso vai restringir a partir de 1º de Dezembro – próxima quarta-feira, o atendimento de coleta ambulatorial no LACEN – Laboratório Central do município.

Conforme o documento, após entrar em vigor, o LACEN somente fará coleta ambulatorial dos pacientes que apresentem as seguintes peculiaridades: Gestantes com rotina 2 (curva glicêmica e VDRL); Pacientes agendados pela Central de Regulação para cirurgias eletivas; Pacientes com pedidos de exame de Leishmaniose; Pacientes com pedidos de exame de Hanseníase; ou ainda pacientes com pedidos de exames especiais como: TAP, TTPA, INR, PTH, ACTH, Anticoagulantes Lúpico, Proteína S/C s Fibrinogênico.

Quanto aos demais procedimentos de coleta de rotina, como os exames solicitados através de pedido médico, os pacientes nessas situações deverão procurar uma das seguintes unidades de coleta, a saber: ESF Cidade de Deus; ESF Alfredo de Castro; ESF Vila Rica; ESF Luz D’yara; ESF Jd. Europa; Centro de Saúde Nossa Senhora do Amparo; Centro de Saúde Conjunto São José; Centro de Saúde São Francisco; Policlínica Itamaraty e Policlínica Central.

Estas alterações, conforme a Secretaria de Saúde, deverão possibilitar a ampliação de pontos de coleta de exames laboratoriais/ ambulatoriais, evitando aglomerações e as enormes filas que se formavam na frente do LACEN todas as madrugadas.

Com estes 10 novos pontos de coleta as pessoas poderão escolher com mais conforto e comodidade, uma unidade de saúde mais próxima de seus domicílios.

Conforme o documento a Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

Fonte: Prefeitura Municipal de Rondonópolis.

Leia mais notícias no Portal Defesa.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário