Jacqueline Moraes participa do lançamento do Agosto Lilás na Serra

A vice-governadora do Estado, Jacqueline Moraes, e a delegada Claudia Dematté, chefe da Divisão Especializada de Atendimento à Mulher participaram da abertura da campanha “Agosto Lilás”, nessa terça-feira (03), no auditório da Câmara Municipal da Serra. A iniciativa do evento foi do grupo Mulheres Guerreiras da Serra, com o objetivo de conscientizar os moradores do município sobre as várias formas de combate à violência contra a mulher, com ações de mobilização, palestras e rodas de conversa.

“Agosto Lilás” é uma campanha de enfrentamento à violência doméstica e familiar contra a mulher, instituída com o objetivo de divulgar a Lei Maria da Penha e sensibilizar e conscientizar a sociedade com alguns serviços especializados da rede de atendimento à mulher em situação de violência.

Participaram também dessa ação, a vice-prefeita de Vitória, capitã Estefane; a secretária Municipal de Direitos Humanos e Políticas Públicas para Mulheres da Serra, Gracimeri Gaviorno; as vereadoras da Serra Elcimara Loureiro e Raphaela Moraes; e o presidente da Câmara de Vereadores do Município, Rodrigo Caldeira.

No evento, a vice-governadora ressaltou que o enfrentamento à violência contra mulher está entre as mais importantes conquistas em relação à proteção da mulher. “Lutamos muito e hoje é inaceitável alguém cometer violência contra a mulher, simplesmente por ela ser uma mulher. Melhoramos muito, mas ainda temos muita coisa a fazer. O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social, lançou o SOS Marias, um dispositivo, dentro do aplicativo 190, em que as vítimas podem acionar uma viatura da Polícia Militar sem a necessidade de atendimento pelo call center”, explicou.

Jacqueline Moraes prosseguiu: “os instrumentos que criamos atendem a uma necessidade de mudanças, mas o machismo enraizado precisa ser combatido com orientação e também com punição.”

A titular da Divisão Especializada de Atendimento à Mulher, delegada Claudia Dematté falou sobre o funcionamento do Projeto Homem que é Homem, que alcança, hoje, 17 municípios do Espírito Santo. “É imperativo discutir com o homem autor de violências contra a mulher as questões que envolvem relacionamentos baseados na violência, pois se trata de uma questão de necessidade social, uma vez que comportamentos machistas, sexistas e misóginos ainda integram as concepções de masculinidade. Precisamos desconstruir esses valores”, afirmou.

Já a secretária Municipal de Direitos Humanos e Políticas Públicas para Mulheres da Prefeitura de Serra, Gracimeri Gaviorno, destacou como a campanha chama atenção em tempos de pandemia. “O Agosto Lilás faz-se ainda mais essencial em tempos de pandemia, porque intensifica a divulgação da Lei Maria da Penha e promove maior discussão sobre violência doméstica”, disse.

A presidente do Mulheres Guerreiras da Serra, Camila Andrade, frisou que o movimento tem realizado caminhadas pelo bairro Jardim Carapina com o objetivo de chamar atenção da sociedade para o enfrentamento à violência contra a mulher. E que outras ações parecidas estão programadas.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Vice-Governadoria
Íris Carolina Miguez
(27) 3636-1432 / 9971-2819
iris.carolina@vice.es.gov.br

 



Fonte:
Governo do Estado do Espírito Santo