Inclusiva, Fazenda Urbana terá cronograma de visitas para pessoas com deficiência

 

Nesta terça-feira (26/10), diretoras e representantes de instituições para pessoas com deficiência se reuniram na Fazenda Urbana com o objetivo de definir um calendário de visitas ao espaço da Prefeitura. A ação envolve a Secretaria de Segurança Alimentar e Nutricional (SMSAN) e a Secretaria do Governo Municipal (SGM) e terá início no mês de novembro. O cronograma das visitas permanecerá no ano que vem.

Curitiba tem aproximadamente 40 escolas especiais e cerca de seis mil alunos com algum tipo de deficiência. De início, participarão as entidades cadastradas previamente e em 2022 as ações poderão ser ampliadas para as demais instituições interessadas.

Além da reunião, as profissionais fizeram um passeio entre os canteiros para conhecer o espaço e entender as necessidades específicas para cada grupo.

“A Fazenda Urbana está pronta e adaptada para receber grupos com deficiência física, auditiva, visual e intelectual, com transtorno do espectro autista ou múltiplas deficiências”, explica a diretora do departamento dos Direitos das Pessoas com Deficiência da Prefeitura, Denise Moraes.

Dayse Ribeiro Domiciano, diretora da Escola Luan Miller, que pertence à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), ficou encantada com o espaço. “É um lugar que, além de beleza para os olhos, proporciona saúde e conhecimento. Estar em contato com o meio ambiente em um lugar lindo desse vai fazer muito bem para as crianças”, disse.

O secretário municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, Luiz Gusi, afirmou que a Fazenda Urbana está preparada para receber todos os alunos e pessoas com deficiência. “Além de um espaço de educação sobre ciclo do alimento e alimentação saudável e sustentável, é um espaço planejado para a inclusão das pessoas com deficiência”, salientou Gusi.

Fonte: Prefeitura de Curitiba.

Leia mais notícias no Portal Defesa – Agência de Notícias.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário