Há nove anos, Corinthians goleou Deportivo Táchira pela Libertadores 2012


Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians


Neste domingo (18), completam-se nove anos de uma partida marcante para a Fiel. Na última rodada da fase de grupos da Libertadores 2012, o Timão recebeu o Deportivo Táchira no Pacaembu.  Em uma das melhores partidas na competição, o Alvinegro aplicou sua maior goleada naquela edição: 6 a 0 contra os venezuelanos.
 

Depois de um primeiro confronto muito equilibrado entre as equipes, que terminou em 1 a 1 na Venezuela, o Alvinegro voltava a enfrentar o Deportivo Táchira em um contexto diferente. O Corinthians já estava classificado para as oitavas-de-final da competição e buscava vencer para adquirir a vantagem de decidir em casa nas fases seguintes. 

Diante de 27.000 torcedores, o Corinthians entrou em campo com Júlio César, Edenílson, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Danilo e Jorge Henrique; Emerson Sheik e Liédson. O treinador da equipe era Tite. 

Aos 18 minutos do primeiro tempo, o Timão abriu o placar. Em falta na intermediária, Sheik lançou com precisão e Danilo cabeceou na pequena área sem chances para o goleiro. 

Em um de suas melhores atuações no campeonato, o Corinthians fez o segundo gol aos 27 do primeiro tempo. Paulinho e Liédson fizeram uma ótima tabela, que veio do meio de campo até a área, o último toque foi de Paulinho para o fundo das redes. O Timão jogava bonito naquela noite no Pacaembu. 

Na segunda etapa, Jorge Henrique aumentou o placar aos 17 do segundo tempo. O camisa 23 recebeu na estrada da área e chutou com efeito. A bola bateu na trave e entrou. 

Aos 24 minutos, Jorge Henrique cruzou, Paulinho desviou e a bola sobrou para Emerson Sheik, que fuzilou para marcar o quarto gol do Alvinegro. Dois minutos depois, Sheik foi derrubado e o juiz marcou pênalti, Liédson cobrou, o goleiro defendeu, mas no rebote o centroavante marcou o quinto gol na goleada do Timão. 

Aos 39 minutos do segundo tempo, Liédson fez boa jogada e sofreu forte entrada do goleiro adversário, o juiz assinalou mais um pênalti. Dessa vez, Douglas cobrou com categoria e fechou a goleada do Corinthians em 6 a 0. 

Com o resultado, o Timão se classificou para enfrentar o Emelec nas oitavas de final, o começo de decisões inesquecíveis para os corinthianos e do título continental que marcou a história alvinegra.




Tags: Notícias, Futebol, Especiais

Categoria(s): Futebol, Especiais

Fonte: Corinthians