Há 19 anos, Corinthians abriu final do último Rio-São Paulo da história com vitória

A última edição do Torneio Rio-São Paulo, campeonato interestadual que reunia as maiores equipes de futebol dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, foi disputada há 19 anos. E naquela ocasião, o Corinthians se classificou para a final da competição, cujo jogo de ida foi disputado exatamente neste dia 5 de maio, em 2002.

O Timão teve pela frente o clássico Majestoso diante do São Paulo, e a primeira partida foi realizada no estádio do Morumbi, com mando de jogo do adversário. Para abrir a decisão, o técnico Carlos Alberto Parreira decidiu escalar uma equipe titular que teve: Dida; Rogério, Anderson, Fábio Luciano, Kleber; Fabrício, Vampeta, Ricardinho; Deivid, Gil, Leandro. Fabinho e Renato ainda entraram no jogo na etapa final, nas vagas de Fabrício e Leandro.

A equipe corinthiana começou a partida um tanto desatenta e, aos 16 minutos, acabou saindo atrás no placar. Como resultado, pressionou o time adversário durante toda a primeira etapa, mas não conseguiu mudar o placar até a ida para o intervalo.

No segundo tempo, no entanto, a mudança viria rapidamente. Logo aos dois minutos, Rogério tabelou com Ricardinho, entrou na área e tocou para Deivid chutar na saída do goleiro adversário, empatando o jogo. E a virada, seis minutos depois: Rogério cobrou escanteio na área adversária, Anderson desviou de cabeça e Leandro completou para o gol de carrinho.

Estava reconstruído no jogo o Coringão. Mas o placar do jogo ainda seria alterado. Aos 19 minutos, o atacante Gil recebeu na linha da grande área, deu drible da vaca no zagueiro adversário e finalizou no canto direito do gol, fazendo o terceiro do time alvinegro. Cinco minutos depois, o adversário ainda descontou. Mas estava decretada a vitória alvinegra, que se converteria em título no jogo de volta uma semana depois.

Tags: Notícias, Futebol, Especiais

Categoria(s): Futebol, Especiais

Fonte: Corinthians