Governo do Tocantins planeja ações para desenvolvimento da cadeia produtiva do leite

Em live, o Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro), a Câmara Setorial do Leite do Tocantins (CSL) e produtores planejam ações para o desenvolvimento da cadeia produtiva do leite no Estado. Os incentivos a serem propostos ocorrem, nesta terça-feira, 6, às 9 horas, na plataforma do Youtube, no canal da Seagro: seagrotocantins.

Para o secretário Executivo da (CSL), Nicolau Humberto Muzzi Dabul, entre outras ações, os parceiros buscam elaborar políticas públicas para o setor lácteo, norteando instituições, além de propor e monitorar as atividades que promovam o desenvolvimento da cadeia produtiva do leite no Estado. “Para tanto, já estamos planejando a execução, seguindo as linhas de atuação, no sentido do aumento da produção, melhoria da qualidade do leite, educação empresarial, assistência técnica, extensão rural, industrialização, comercialização do leite e derivados, gestão de informação/pesquisa, bancos de dados logísticos e infraestrutura, tudo, acreditando na retomada da produção leiteira no Tocantins”, ressalta.

O presidente da CSL, Marco Antônio Pitondo, empossado recentemente na instituição, prevê crescimento da produção leiteira no Estado. “Estamos almejando uma boa produção leiteira nos próximos anos, os produtores de leite e as indústrias de laticínios estão voltando às atividades produtivas, sendo ainda que a Câmara Setorial do Leite elaborou um plano estratégico para estimular essa produção no Estado”, afirma.

Produção

Em 2018, o Tocantins produziu mais de 209 milhões de litros de leite. Os maiores rebanhos produtores de leite estão concentrados nos municípios, em sequência crescente: Araguatins, Pequizeiro, Araguaína, Colmeia, Bernardo Sayão, Goianorte, Augustinópolis, Formoso do Araguaia, Paranã e Arapoema, perfazendo um total de 60 mil cabeças de vacas leiteiras. Em todo o Estado, possui um rebanho aproximado de 200 mil cabeças de vacas leiteiras.

 

Edição: Alba Cobo

Revisão Textual: Marynne Juliate

Fonte: Governo do Estado de Tocantins