Governo do Amazonas doa alimentos para instituições que atendem públicos em risco social

Governo do Amazonas doa alimentos para instituições que atendem públicos em risco social


FOTOS: Raine Luiz/Divulgação Sejusc
FOTOS: Raine Luiz/Divulgação Sejusc

Sejusc distribuiu pães e produtos de hortifrutigranjeiro nesta quinta-feira (15/04)

 

Cinco Organizações da Sociedade Civil (OSCs) que desenvolvem trabalhos com grupos em vulnerabilidade social receberam, nesta quinta-feira (15/04), alimentos regionais e prontos repassados pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc). Os produtos foram adquiridos com feirantes pelo Governo do Amazonas, por meio da Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), órgão vinculado à Secretaria de Produção Rural do Amazonas (Sepror).

As instituições atendidas foram Grupo Super Mães, Associação de Apoio Lar de Vitórias, Instituto Amigos Fiéis, Centro Comunitário do Conjunto Canaranas e Instituto de Desenvolvimento Amigos e Moradores do São José. A ação integra o Programa “ADS Solidária”, com a finalidade de amenizar os efeitos econômicos gerados pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

De acordo com a secretária Mirtes Salles, titular da Sejusc, o Governo do Amazonas vem demonstrando durante toda a pandemia a preocupação com as populações mais necessitadas. “Essas doações estão ajudando a melhorar a qualidade de vida desses públicos, assim como dos produtores que estão conseguindo escoar suas produções”, disse a gestora.

A secretária executiva da Pessoa com Deficiência da Sejusc, Lêda Maia, reforçou que a iniciativa ajuda tanto os produtores rurais, que precisam vender os alimentos perecíveis, quanto as pessoas em vulnerabilidade que não teriam acesso a esses tipos de alimentos.

“No Super Mães [uma das entidades atendidas], grupo que reúne mães de crianças com deficiência, há muitas passando necessidade. Então aquele suco, pão, frutas, vai fazer a diferença no dia dela e até mesmo na semana”, garantiu Lêda.

A coordenadora do Instituto Amigos Fiéis, Mira Quintino, destacou que a doação é importante porque ajudará 120 famílias em risco social cadastradas na entidade. “Os produtos vieram em boa hora, e é muito gratificante para nós fazer a felicidade dessas famílias. Para nós pode parecer pouco, mas para eles é muita coisa o pouco que doamos”, afirmou.

Fonte: Governo do Amazonas