Fluminense obtém liminar na Justiça para suspender todas as execuções cíveis em curso

Nesta segunda-feira (25/10), o Fluminense conseguiu uma grande vitória, após decisão favorável do presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Henrique Carlos de Andrade Figueira. O magistrado deferiu a abertura de Regime Centralizado de Execuções, concedendo tutela de urgência para suspender todas as execuções contra o clube, na forma do artigo 23 da Lei 14.193/2021. Dessa maneira, os processos em fase de execução estão suspensos e se concentrarão em um único juízo.

Com a decisão, o Fluminense fará um chamamento dos seus credores com uma proposta de pagamento. Os que concederem maior desconto, nos termos da lei, receberão seu crédito mais rapidamente.

O artigo 23 da Lei 14.193/2021 inovou quanto ao tratamento dos passivos dos clubes de futebol em competição profissional, estabelecendo medidas que os ajudarão a se organizar economicamente.

“Essa decisão é mais um passo muito importante na estruturação financeira que estamos fazendo no clube. Pagar as dívidas a médio e longo prazos significa abrir fluxo para investimentos maiores no departamento de futebol ao longo dos anos”, disse o presidente Mário Bittencourt.

Seja Sócio e receba conteúdos exclusivos, além de ter descontos em vários parceiros. Faça o Fluminense mais forte e escolha um plano agora!

Texto: Comunicação/FFC

Fonte: Fluminense

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário