Feira permanente mais antiga do DF vai ser modernizada

“É uma nova feira, com um projeto muito moderno, que estabelece um novo modelo para as feiras do Distrito Federal”Governador Ibaneis Rocha

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, assinou na manhã deste sábado (31) a ordem de serviço para o início da reforma da Feira Permanente do Núcleo Bandeirante. A obra está orçada em R$ 8,4 milhões, aproximadamente, sendo que a previsão para a entrega é de nove meses.

“É uma nova feira, com um projeto muito moderno, que estabelece um novo modelo para as feiras do Distrito Federal. Esperamos, com isso, que este seja um local de visitas, não somente para a comunidade do Núcleo Bandeirante, mas para a população do DF”, disse Ibaneis Rocha.

O governador enfatizou também que a reforma vai trazer mais qualidade de vida para os feirantes e para a comunidade do Núcleo Bandeirante em geral. “Ser político só vale a pena quando a gente transforma a vida das pessoas”, alertou.

Com área ocupada de 4.505², a feira vai passar por reforma ampla em toda a infraestrutura, atingindo instalações dos sistemas de água, eletricidade, esgoto, drenagem pluvial e combate a incêndio | Fotos: Renato Alves/Agência Brasília

A reforma da Feira Permanente do Núcleo Bandeirante faz parte de um conjunto de ações do Governo do Distrito Federal que vai beneficiar todas as feiras permanentes das diversas regiões administrativas. O investimento total é de R$ 32 milhões.

Obras

Localizada na projeção 9 da praça Padre Roque, na 3ª Avenida, a Feira Permanente do Núcleo Bandeirante é a primeira feira livre do DF, base para a criação da Central de Abastecimento do Distrito Federal (Ceasa/DF).

A feira, considerada a mais tradicional da capital, tem uma área ocupada de 4.505². A reforma é ampla – vai ser feita em toda a infraestrutura, atingindo as instalações dos sistemas de água, eletricidade, esgoto, drenagem pluvial e combate a incêndio.

R$ 8,4 milhõesvalor orçado da obra, prevista para ser entregue em nove meses

A obra inclui a reforma de 64 bancas, da praça de alimentação e dos banheiros, construção de depósitos para a guarda de bebidas e de boxes para o abate e preparo de galinhas e aves, além do respectivo acesso interno para esses logradouros.

O projeto contempla as pessoas portadoras de necessidades especiais. Vários espaços, internos e externos, terão obras para permitir a mobilidade dessas pessoas, como o próprio piso, que terá áreas de acessibilidade. A feira terá também dois novos banheiros para Pessoas com Deficiência (PCD). A praça de alimentação, que também será reformada, vai receber um palco para apresentações artísticas.

“A obra será feita com todas as garantias de dignidade e adequação para os feirantes. Conseguimos assegurar que, durante a reforma, os feirantes terão uma estrutura para trabalhar, com pontos de luz, água, banheiros, segurança e local para armazenar seus produtos”, explica Edson Clistennes de Lima Barbosa, presidente da Associação dos Feirantes da Feira Permanente do Núcleo Bandeirante.

O administrador do Núcleo Bandeirante, Adalberto Ferreira de Paula Carvalho, comemorou a assinatura pelo governador da ordem de serviço para reforma da feira. A obra já deve começar efetivamente na segunda (2).

“Hoje é um grande dia para cada feirante e para todos os moradores do Núcleo Bandeirante. Essa obra já era aguardada por todos nós que trabalhamos ou vivemos aqui. A cidade está em festa”, declarou.

Conforto e segurança

Dona da banca Aves em Geral, há quatro décadas, Maria Juberlita Neves Fernandes Lima, 67 anos, não viu o projeto de reforma da feira, mas torce para que as obras sejam feitas com celeridade. “Espero mais conforto e segurança, porque aqui é o nosso local de trabalho – é a nossa vida -, e que a reforma seja feita o mais rápido possível”, disse.

“Quando se fala em reforma, a gente só pensa em melhorias. Então, queremos que tudo fique o melhor possível por aqui”, resumiu Bárbara Angélica Lima de Sousa, 38 anos, dona de uma banca de condimentos que vem passando de geração em geração, desde a fundação da cidade, quando a atividade teve início, ainda em outro espaço.

Para a empresária Marília dos Santos Rodrigues, 58 anos, que reside na vizinha Candangolândia, a feira do Núcleo Bandeirante é o programa obrigatório de todos os sábados. “Encontro tudo e, muitas vezes, ainda aproveito para almoçar aqui”, disse.

Sobre a reforma do espaço, ela é enfática: “Vai ser bom para valorizar o espaço, melhorar a vida dos comerciantes e facilitar para nós mesmos. Tudo o que é para melhorar, é sempre bem vindo.”

Galeria de Fotos

Assinatura de Ordem de Serviço para revitalização da Feira Permanente do Núcleo Bandeirante

Fonte: Agência Brasília.

Leia mais notícias no Portal Defesa – Agência de Notícias.