Esporte: Nos pênaltis, Juventus vence Liberdade e está na final do 1º turno do marabaense

A final do 1º turno ocorre no dia 29 de outubro, entre Juventus e o vencedor de Renegados x Morada Nova, que jogam nesta terça-feira (26)

A bola começou a rolar por volta das 20h15min desta segunda-feira (25) no estádio Zinho Oliveira. De um lado o favorito e invicto Liberdade, no outro o Juventus que se classificou apesar das três derrotas na primeira fase. Os dois times fizeram o “clássico da Liberdade”, pois são representantes do mesmo bairro e propiciaram um ótimo espetáculo para o público que prestigiou a partida.

O campeão marabaense de 2018, Liberdade, impôs seu favoritismo desde o começo e abriu o placar ainda no primeiro tempo, após bate e rebate na pequena área. O time seguiu dominando a partida durante o jogo quase todo e marcou o segundo gol no início do segundo tempo. Com 2×0 no placar, pelas circunstâncias do jogo e pela campanha na primeira fase, pouca gente apostava em uma reação da Juventus.

A Mara Jéssica veio com o marido Mário Júnior e o filho Marlon Cesar de São Domingos para acompanhar a partida. Márcio é presidente de um time da cidade que está negociando jogadores com a Juventus. “Dá para perceber que o Liberdade está dominando, jogando melhor e chamando mais atenção. Mas o jogo está muito bom, divertido e vamos acompanhar o restante”, confessa.

O técnico do Liberdade, Bismarck da Conceição, conta que o time adotou a estratégia de ser mais ofensivo neste jogo. “Entramos com três atacantes. O time deles joga com os laterais mais avançados e buscamos surpreender. Se tudo der certo vamos sair daqui hoje com a vaga para essa final”, explicou.

O artilheiro da equipe com seis gols na competição, Tawan Mendes, 23 anos, ressaltou a animação com o jogo, mas que era preciso foco. “A gente vai entrar para fazer o nosso melhor. O futebol se resolve dentro de campo e se fizermos nosso jogo vamos sair daqui com a vaga”, acrescenta.

Mas a equipe da Juventus não desistiu e conseguiu descontar o marcador já nos últimos 20 minutos de partida. O gol desestabilizou a equipe do Liberdade que parecia nervosa em campo, enquanto a Juventus foi para cima. O empate veio nos 5 minutos finais. Com o placar de 2×2 a partida foi para os pênaltis.  

A reviravolta esquentou o ânimo dos atletas e animou a torcida. “Eu estou torcendo para o Juventus. Gosto de torcer para o time menos prestigiado. Espero que eles saiam daqui com a vitória”, comenta Antônio Eusébio, morador do bairro Liberdade que foi prestigiar a partida.

Em uma disputa de pênaltis bastante nervosa, todos os batedores acertaram as oito primeiras cobranças. Coube ao artilheiro do Liberdade, Tawan encerrar série de 5 cobranças. Todos os jogadores do Liberdade até então haviam chutado no canto direito. Tawan escolheu o canto esquerdo, bateu fraco e rasteiro, a bola caprichosamente bateu na trave.  Na sequência a Juventus converteu sua última cobrança e garantiu a vaga para a final.

O técnico da equipe, Noel Portuga, tem a chance de repetir a melhor participação da equipe que chegou a final da competição em 2015. “Temos essa final e pretendo repetí-la. Entramos no tradicional 4-4-2 para fazer nosso trabalho e as expectativas agora são as melhores”, comenta.

Essa vaga pode ser garantida na sexta-feira (29) quando ocorre a final do 1º turno contra o vencedor de Renegados x Morada Nova, que jogam nesta terça-feira (26). Segundo o regulamento da competição, o campeão do 1º turno garante vaga na final do campeonato marabaense contra o campeão do segundo turno.

O campeonato marabaense é organizado pela Liga Esportiva de Marabá (Lemar) com apoio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel). “Fizemos o convênio, a doação de dois pares de camisas para todos os times da competição e ajudamos na estrutura para realização dos jogos e na fiscalização”, explica Thiago Miranda, secretário de esportes.

O presidente da Lemar, João Saldanha, faz uma avaliação muito positiva do campeonato até aqui. “Voltamos a ter o público nos estádios. Estão vindo prestigiar. Teremos uma premiação de 30 mil para o campeão, graças a ajuda e apoio que temos recebido. Isso valoriza e incentiva o esporte em nossa cidade”, comenta.

A final do campeonato paraense está prevista para acontecer dia 11 de dezembro, entre os campeões dos dois turnos.

Texto: Osvaldo Henriques
Fotos: Aline Nascimento



Fonte: Prefeitura Municipal de Marabá.

Leia mais notícias no Portal Defesa – Agência de Notícias.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário