Defesa

Educação abre mostra que resgata desfiles do 7 de Setembro em Vitória da Conquista

Consuelo e Pedro Miguel interromperam o seu itinerário para apreciar a exposição

Consuelo de Almeida e seu filho Pedro Miguel, de 10 anos, estavam indo ao centro da cidade, na manhã desta quarta-feira (15), quando foram surpreendidos com monumentos artísticos na Alameda Dom Celso José, em frente à Catedral de Nossa Senhora das Vitórias. O que eles viram faz parte da mostra Semana da Pátria: Um Novo Olhar no Sete de Setembro, promovida pela Secretaria Municipal de Educação (Smed), aberta hoje e que se estende até o dia 19.

Para Consuelo, foi uma ótima surpresa. “Me senti maravilhada com isso tudo que vi.” Ela disse que a mostra é uma excelente oportunidade de promover o aprendizado das crianças. “Eu achei muito legal, muito importante, porque é da pátria. Como não teve o desfile, a gente vem ver essa feira. Está muito bonito, muito bonito mesmo”, completou.

Os secretários Edgard Larry e Xangai destacaram a importância da mostra para o resgate histórico e cultural

A exposição faz uma retrospectiva de desfiles cívicos realizados pela Prefeitura de Vitória da Conquista por meio de peças e fotografias que marcaram os eventos. “É uma mostra não apenas cultural, mas que demonstra a memória, a história do povo conquistense, inclusive retratando um pouco da história dos índios, da religiosidade; e também a memória da cultura, das tradições, do folclore de outras regiões da Bahia e do Brasil”, explicou o secretário municipal de Educação, Edgard Larry.

O secretário municipal de Cultura, Eugênio Avelino, o famoso Xangai, também prestigiou a abertura da exposição. “Vem nos mostrar a importância da história do Brasil através do civismo. Eu achei muito positivo, porque é um retrato da nossa própria história. Eu chamo isso de ‘brasileirança’, a ‘brasileirança’ toda está aqui, a herança toda que o Brasil fornece e nos dá”, comentou.

Ao ver o painel com fotos do desfile cívico de que ela participou em anos anteriores, Natália matou a saudade do evento

O resgate artístico também veio para matar a saudade de quem participou dos desfiles de 7 de Setembro, evento que foi suspenso no ano passado e este ano, por conta da pandemia. Assim foi o sentimento da estudante Natália Costa, 9º ano da Escola Municipal Carlos Santana: “Uma exposição muito legal para a gente relembrar como foi, sentir um gostinho mesmo, já que [neste ano] a gente não participou e não fez. Sentir um pouco do que é a representação, do que significa para a gente todo esse desfile”, afirmou Natália.



Fonte: Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista.

Leia mais notícias em Defesa – Agência de Notícias.