Doar sangue contribui para salvar vidas de pacientes dos hospitais de Imperatriz

Hospitais de Imperatriz recebem média de 300 bolsas de sangue por mês (Foto: Edmara Silva)

Uma atitude que salva vidas. Nesta quinta-feira (25), comemora-se o dia do Doador de Sangue. O gesto voluntário contribuiu, principalmente, para que hospitais tenham estoque disponível quando pacientes chegam e precisam realizar transfusão, como conta o coordenador transfusional do Hospital Municipal de Imperatriz, HMI, Júlio Estolano.

O HMI e o Hospital Municipal Infantil, ambos conhecidos como Socorrão e Socorrinho, respectivamente, recebem, em média, cerca de 300 bolsas de sangues por mês, todas vindas do Hemomar de Imperatriz. Contudo, o coordenador também explica que no final do ano, as doações tendem a cair.

Júlio relata que para cada paciente pedido ao menos quatro doares de sangue. De todas as doações, cerca de 60% são de familiares e amigos dos pacientes comovidos com a situação. Importante lembrar que os dois hospitais atendem pessoas de todas as cidades vizinhas, e até de outros estados.

Para o secretário de Saúde, Alcemir Costa, este trabalho é extremamente importante. “Além de salvar vidas, doar sangue é um ato de amor. Hoje comemoramos o dia do Doador de Sangue e peço que as pessoas que podem fazer, doem, para ajudar aos pacientes que precisam”.

Seja um doador

Para os interessados em doar sangue, o Hemomar Hemonúcleo de Imperatriz fica localizado na Rua Coriolano Milhomem, no Centro. Ele funciona das 8h às 18h. Mas é importante estar atento às restrições: ter entre 16 e 69 anos, e pesar mais de 50 kg. Homens podem doar até quatro vezes por ano, com intervalo de dois meses. Mulheres, também podem doar até quatro vezes, mas com intervalo de três meses.

Fonte: Prefeitura Municipal de Imperatriz.

Leia mais notícias no Portal Defesa – Agência de Notícias.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário