Distribuição de mudas foi um sucesso no Bairro Novo

 

Em poucas horas, as mudas de árvores disponíveis na Rua da Cidadania do Bairro Novo se esgotaram. A ação foi realizada em alusão ao Dia da Árvore comemorado nesta terça-feira (21/9), e foi realizada nas 10 regionais administrativas de Curitiba.

A distribuição começou às 8h e às 10h restavam poucas mudas do lote de 550 unidades que foram disponibilizados para a região.

Esse é o quarto mês que o Horto da Barreirinha descentraliza a entrega para a população. O objetivo é facilitar o acesso para quem quer tornar a cidade mais verde e incentivar a participação no Desafio 100 Mil Árvores para Curitiba. 

Mesmo com a pandemia, a cidade já contabilizou o plantio de 150 mil mudas de árvores. O diretor de Produção Vegetal da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, José Roberto Roloff, disse que o objetivo neste segundo ano de desafio é chegar às 200 mil árvores plantadas.

Chácara arborizada

Gilson Nodatski, morador no Sítio Cercado, levou mudas de Guabiju, Gabiroba e Pitanga que serão plantadas na chácara que ele mantém no Ganchinho.


“Eu sempre planto árvores. Nessa minha propriedade, com exceção do local onde foi feita a construção, eu mantive todas as árvores. Só limpei o terreno e plantei grama”, disse.


Dona Maria Zulmira também levou exemplar das três espécies para plantar na casa do filho, no bairro Umbará. “Lá tem espaço e estas aqui vão se somar às outras árvores que existem lá”, disse.

Além de contribuir com a natureza, Dona Zulmira gosta de colher as frutas no pé. “É bom aproveitar a sombra também”, comentou.

Manejo das espécies

Além das mudas, os servidores da Rua da Cidadania estavam distribuindo folders com informações para o manejo das espécies. Também foi realizado um cadastro com informações de quais mudas foram levadas.

Poderão ser plantadas espécies como os ipês amarelo, roxo e roxo anão, uvaia, pitanga, araçá vermelho, palmeira imperial, entre outras.

Além do Guabiju, Gabiroba e Pitanga, foram ofertadas também mudas de Pau ferro, Sapuva, Jerivá, Cereja, Uvaia, Ipê roxo e Ipê amarelo.

Plantio consciente

A Prefeitura orienta a população sobre o plantio, que em áreas privadas pode ser realizado sem restrição. Já o plantio em via pública (em frente de casa ou em alguma área verde) precisa seguir algumas regras porque a cidade tem normas de urbanização, fiação elétrica e outras características que precisam ser levadas em consideração. 

 

Fonte: Prefeitura de Curitiba.

Leia mais notícias no Portal Defesa – Agência de Notícias.