Defesa Civil segue atuando nos municípios em situação de emergência

Monitoramentos dos índices pluviométricos está entre as ações executadas pelo órgão

Apesar da contínua ocorrência de chuvas nas regiões do semiárido sergipano, o Departamento Estadual de Proteção e Defesa Civil (Depec) continua atuando em municípios que possuem vigente o Decreto de Situação de Emergência por seca ou estiagem, homologado pelo Governo do Estado e reconhecido pelo Governo Federal.

As ações justificam-se pelo fenômeno conhecido como ‘seca verde’, no qual se caracteriza pelo registro de chuvas abundantes, porém, mal distribuídas em termos de tempo e espaço, impossibilitando assim, a manutenção dos reservatórios de água para o consumo humano, uma vez que a ocorrência das chuvas apenas tem sido suficiente para dar suporte à agricultura e às pastagens.

De acordo com o Gerente de resposta e gestão de desastres do Depec, subtenente Cícero Oliveira, a situação das chuvas que ocorrem na região árida é totalmente diferenciada da que ocorre no litoral. “Em virtude do clima e do tipo de vegetação na região do semiárido, a evaporação da água é muito alta. Se as chuvas não ocorrem por mais dias seguidos ou em maior quantidade, a capacidade de armazenamento de água diminui consideravelmente. Também vale ressaltar que a água acumulada nessas barragens é imprópria para o consumo humano, servindo apenas para a manutenção dos animais de rebanho e atividades agrícolas”, explica.

Diante deste cenário, o Depec junto ao Centro Meteorológico de Sergipe (CMS) prossegue monitorando os índices pluviométricos de cada região, afim de realizar o planejamento das ações sistemáticas para suspensão ou atuação da Operação carro-pipa, visando à contingência aos efeitos da seca e estiagem nos municípios afetados.

Fonte: Governo do Sergipe