COPAC e IFI realizam visita à empresa Elbit Systems, em Israel

Representantes da Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate (COPAC) e do Instituto de Fomento e Coordenação Industrial (IFI) realizaram, entre os dias 2 e 4 de novembro, uma visita técnica à empresa Elbit Systems Ltd, subcontratada da Empresa AEL Sistemas, que desenvolve o Sistema Link-BR2, em suas instalações localizadas nas cidades de Haifa e Netânia, em Israel.

Diversas reuniões ocorreram sobre o processo de desenvolvimento de software do meio físico utilizado no Projeto, peça fundamental do Sistema Link-BR2, nas quais foram abordados e discutidos detalhes técnicos relativos ao planejamento de desenvolvimento, arquitetura do sistema, integração às aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB), testes de qualidade e cronograma para certificação. Também foi realizada visitação aos laboratórios na unidade da Elbit, em Netânia, com um detalhamento in loco dos processos de qualificação ambiental e emissões eletromagnéticas.

O Gerente Adjunto do Projeto Link-BR2, Major Engenheiro Thiago Luiz Pinheiro de Almeida, destacou a importância da visita. “Conhecer a infraestrutura empregada para o desenvolvimento do meio físico do Link-BR2 e endereçar demandas observadas durante as Campanhas de ensaio em voo trouxe mais segurança à equipe gerencial de que o Projeto está caminhando na direção de se consumar como um produto de alta tecnologia para a Força Aérea” afirmou o Oficial.

O Link-BR2 é um sistema de datalink que permitirá à FAB uma significativa ampliação de sua capacidade de Comando e Controle (C2), propiciando comunicação, em tempo real, entre vetores aéreos e estações de solo, tudo por meio de protocolo encriptado com alto grau de segurança, proporcionando compartilhamento de informações de radares, troca de mensagens, vídeos e outras aplicações operacionais, ampliando sobremaneira a consciência situacional de todos os participantes da rede. Essa capacidade colocará a FAB ao lado das forças aéreas de vanguarda, permitindo o ingresso na era da Guerra Centrada em Redes (NCW – Network Centric Warfare).

Ao término da missão, a comitiva foi recebida pelo Embaixador Gerson Menandro Garcia de Freitas, na Embaixada do Brasil em Tel Aviv, oportunidade em que os envolvidos enfatizaram a importância do Projeto Link-BR2 para o Comando da Aeronáutica, pois possibilitará um crescimento operacional com segurança e coordenação com as demais Forças no futuro, bem como o desenvolvimento de uma tecnologia dominada por poucos países.

Fotos: IFI e COPAC



Fonte: Força Aérea Brasileira.

Leia mais notícias no Portal Defesa – Agência de Notícias.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário