Concurso IFCE conta com mais de 100 vagas

O próximo concurso público do Instituto Federal do Ceará – IFCE – será organizado pelo Idecan – Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional – e contará com aproximadamente 190 vagas voltadas para técnico-administradores e professores.

A organização do futuro concurso foi anunciada pelo próprio Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional, através de uma publicação nas redes sociais. Este instituto será responsável pelo recebimento das inscrições do concurso através se seu site oficial. O Idecan também ficará responsável pela aplicação das diferentes etapas do concurso, tais como a realização das provas objetivas.

Em junho deste ano, Marcel Ribeiro, que atualmente ocupa o cargo de pró-reitor de Gestão de Pessoas no referido instituto, comentou sobre a necessidade de realizar a contratação de uma banca organizadora para os certames, a fim de evitar fraude no certame e uma melhor preparação durante o contexto da pandemia que assola o país.

Segundo Marcel Ribeiro, a contratação de uma banca organizadora para os concursos é indispensável: “Em tempos de pandemia, é extremamente necessário que tenhamos como parceira uma instituição que tenha expertise em realização de concursos públicos, em combate a eventuais tentativas de fraude e que tenha flexibilidade para se adaptar a todo o contexto de pandemia”.

O pró-reitor de Gestão de Pessoas do instituto ainda esclareceu que os setores da instituição responsáveis pela realização dos processos seletivos – a Progep e o Departamento de Ingressos – não possuem a capacidade operacional necessária para lidar com a organização de um processo seletivo como este com os devidos cuidados necessários, afinal, há uma previsão de aproximadamente 50 mil candidatos para a disputa das vagas.

Ainda conforme as informações dadas por Marcel Ribeiro, o edital referente ao concurso deverá ser publicado na segunda metade deste mês e a previsão é de que sejam ofertadas 150 vagas destinadas ao cargo de professor, enquanto outras 40 serão oferecidas para técnico-administrativos. Segundo ele, também há a possibilidade de um aumento na quantidade de vagas a serem oferecidas, em razão de aposentadorias: “Este quantitativo deve aumentar um pouco nos próximos dias, pois temos algumas previsões de aposentadorias a ocorrer”.

No tocante às provas do referido certame, estas estão previstas para ocorrer no mês de outubro ou novembro deste ano, com a homologação do concurso ocorrendo em novembro, de forma que possam ser realizadas as nomeações até o fim do ano: “A meta é homologar o concurso em dezembro, para que todas as nomeações aconteçam ainda em 2021”.

As provas a serem realizadas exigirão que seus candidatos, tanto os interessados nas vagas de docente quanto na de técnico-administrativo, tenham conhecimento sobre os conceitos básicos de Direito Administrativo, tais como temas abordados pela Lei 8.112, de 1990, pelo Código de Ética do Servidor, pela Lei de Criação dos Institutos Federais e pela Lei do Processo Administrativo.