CGU realiza pesquisa sobre Programa de Integridade Pública do Comando da Aeronáutica

A Controladoria Geral da União (CGU), órgão responsável por analisar a implementação dos Programas de Integridade dos órgãos da Administração Pública Federal, avalia o Programa de Integridade do Comando da Aeronáutica (COMAER). Neste contexto, o Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER), por meio da Unidade de Gerenciamento de Integridade (UGI) do COMAER, disponibiliza ao efetivo da Força Aérea Brasileira (FAB) uma pesquisa de percepção, que pode ser respondida online até o dia 31 de agosto, acessando aqui o formulário padrão desenvolvido pela CGU.

A implementação de programas de integridade pelos entes da Administração Pública Federal é obrigatória desde o advento do Decreto nº 9.203, de 22 de novembro de 2017, que dispõe sobre a política de governança da administração pública federal direta, autárquica e fundacional. O objetivo precípuo é promover medidas de integridade e ações institucionais destinadas à prevenção, à detecção, à punição e à remediação de fraudes e atos de corrupção, desvios éticos e de conduta.

A avaliação do programa de integridade do órgão constitui procedimento administrativo que visa a identificar a implementação do programa de integridade, de acordo com boas práticas e as ações realizadas pela Unidade de Gerenciamento da Integridade (UGI) de cada órgão da Administração Pública Federal, desde a implementação do programa de integridade.

A pesquisa é desenvolvida e coordenada pela Secretaria de Transparência e Prevenção da Corrupção da Controladoria-Geral da União, no âmbito da avaliação dos Programas de Integridade Pública.

 



Fonte: Força Aérea Brasileira.

Leia mais notícias no Portal Defesa – Agência de Notícias.