CEVEST RETORNA COM AULAS PRESENCIAIS DOS CURSOS DE CORTE INDUSTRIAL E COSTURA ÍNTIMA

CEVEST RETORNA COM AULAS PRESENCIAIS DOS CURSOS DE CORTE INDUSTRIAL E COSTURA ÍNTIMA

A Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissionalizante e Superior, através do Centro de Formação Profissional e Transferência de Tecnologia para Indústria do Vestuário (Cevest), retomou às atividades presenciais dos cursos de corte industrial e costura íntima.

O secretário de Ciência e Tecnologia, José Loyola Bechara, comentou que incialmente, o retorno acontece apenas para esses dois cursos devido a necessidade de mão de obra qualificada no setor de confecção, conforme entendimentos com o Sindicato das Indústrias do Vestuário (Sindvest) e com a Federação das Indústrias do Estado do Estado do Rio de Janeiro (Firjan).

“Estamos com a preocupação de um retorno seguro com apenas dois cursos. Tivemos algumas reuniões com o Sindvest e com a Firjan e devido, inclusive, à carência que estão de mão de obra no ramo de confecção, a gente resolveu focar esse retorno em dois cursos mais ligados diretamente à produção na área de confecção. E, por isso, estamos dando prioridade aos cursos de costura íntima e corte industrial”, explicou o secretário.

O curso de corte industrial tem aulas às terças, quartas e quintas-feiras, no período da noite, das 18h às 21h45. Já o curso de costura íntima oferece três diferentes turmas por turno: pela manhã, das 7h30 às 12h, às segundas, terças e quartas-feiras; no período da tarde, das 13h às 17h, às  segundas, quartas e sextas-feiras; e à noite, das 18h às 21h45, às  segundas, terças e quartas-feiras. 

Quem tiver interesse em se cadastrar para participar destes ou de outros cursos oferecidos pelo Cevest, basta entrar no site www.cevest.pmnf.rj.gov.br. Após preenchido o cadastro, o interessado fará parte de uma lista e assim que uma turma do curso selecionado for oferecida, os alunos selecionados serão avisados por e-mail.

Fonte: Prefeitura Municipal de Nova Friburgo.

Leia mais notícias no Portal Defesa – Agência de Notícias.