CET-Santos participa da elaboração de manuais para o trânsito nacional

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Santos) esteve diretamente envolvida na elaboração de três novos volumes do Manual Brasileiro de Sinalização de Trânsito, que entraram em vigor recentemente, após aprovação pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran): o volume VI, sobre Dispositivos Auxiliares, o VIII que dispõe sobre Sinalização Cicloviária, e o IX sobre a sinalização em Cruzamentos Rodoferroviários.

Os documentos foram produzidos por grupo técnico indicado pelo então Denatran (atual Secretaria Nacional de Trânsito) e aprovados pela Câmara Temática de Engenharia de Tráfego e Sinalização Viária. O arquiteto da CET, Fernando Alonso Garcia, integrou o grupo técnico e faz parte da câmara temática pelo terceiro biênio consecutivo.

Fernando explicou que os documentos estabelecem padrões para sinalizações de trânsito em âmbito nacional, com conceitos e diretrizes. “São instrumentos para melhorar a mobilidade e aumentar a segurança viária”, diz.

O volume sobre a sinalização cicloviária, comenta, demandou seis anos até a aprovação. É uma novidade no conjunto do manual, que padroniza os elementos para sinalização e define parâmetros técnicos para o desenvolvimento de projetos para mobilidade em bicicleta. “É algo que também vai contribuir para o incentivo ao uso desse modal”, ressalta ele, que é coordenador de planejamento e projetos da Gerência de Projetos da CET.

Em outro documento, o volume específico sobre dispositivos auxiliares atualiza normas para utilização de tachões, defensas, balizadores e outros recursos integrados à sinalização de trânsito. Já o volume que trata dos cruzamentos ferroviários apresenta princípios para projetos de passagem de nível.

Fonte: Prefeitura Municipal de Santos.

Leia mais notícias no Portal Defesa.