Caça Su-27 da Rússia escolta bombardeiro dos EUA sobre o mar Báltico

Um caça russo Su-27 subiu ao ar após a detecção da aproximação na segunda-feira (31) de um alvo aéreo não identificado à fronteira da Rússia, que estava sobre águas neutras, relatou o Centro de Controle de Defesa Nacional do país.

A tripulação do caça a serviço da Frota do Báltico identificou o alvo como sendo um bombardeiro estratégico B-52H da Força Aérea dos EUA.

O Su-27 então escoltou a aeronave até ela mudar seu curso.

A fronteira estatal da Rússia não foi ultrapassada, sublinhou o Centro de Controle de Defesa Nacional.

Na quarta-feira (26) e quinta-feira (27) ocorreram dois incidentes com a aproximação de aviões da Noruega sobre as fronteiras russas, ambas sobre o mar de Barents.

Fonte: Sputnik News