Avicultura caipira é mercado em crescimento em Minas Gerais

Tendo em vista a expansão da avicultura caipira no estado, a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG) promove, nesta quinta-feira (28/10), um Dia de Campo de Avicultura no município de Sobrália, no Vale do Rio Doce. 

No evento, produtores poderão aprender sobre criação de galinhas para iniciantes; marketing digital na avicultura; cadastro e registro de granjas avícolas na agricultura familiar; manejo, alimentação, doenças e vacinas; e programas de certificação do frango e do ovo caipira.

Interessados em participar devem fazer o credenciamento até as 13h, no Criatório Neves, espaço que sediará o evento. O local fica na Rua José Alves de Lana, 60, no Centro da cidade. A iniciativa envolve, além da Emater-MG, parceiros, apoiadores e patrocinadores. 

Avicultura caipira

A avicultura caipira está crescendo cada vez mais como atividade rural rentável no estado. É ideal para a agricultura familiar, já que pode ser implementada facilmente em pequenas propriedades e complementar a renda dos produtores. Além disso, as carnes de frango e de galinha caipira são consideradas atraentes por muitos turistas, interessados em saborear a variada gastronomia mineira.

“O frango e a galinha caipira são alimentos turísticos muito saudáveis e saborosos. Outro aspecto é que a população se preocupa, de forma geral, com o bem-estar animal”, pontua a coordenadora técnica estadual de Pequenos Animais da Emater-MG, Márcia Portugal.

Ela explica que o sistema caipira é um modo de criar as aves soltas e de forma semi-intensiva. “Elas possuem livre acesso a piquetes, que é a pastagem, onde podem escolher alimentos naturais, como minhocas, pequenos moluscos, insetos, compostos de capim, restos culturais de hortaliças e frutas, além da ração balanceada”, afirma a coordenadora técnica.

Vantagens

O preço da carne de frango e dos ovos revela que a avicultura é hoje uma atividade crescente e presente em todo o estado, segundo Márcia Portugal. “O frango e o ovo são alimentos ainda mais acessíveis ao consumidor, sendo importantes fontes de proteína animal mais baratas do que outras carnes”, observa.

Proprietário do Criatório Neves, Rodrigo Neves destaca que a produção de ovos é o primeiro passo para quem deseja começar na avicultura, já que se trata de um produto de fácil comercialização. Ele cria galinhas para corte e poedeiras, além de outras aves ornamentais como o galo índio gigante, que também serve para a procriação da espécie. 

Desde que montou o criatório, em 2017, Rodrigo Neves tem sido orientado pela Emater-MG, vinculada à Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa). Ele faz questão de dizer que, se não fosse o atendimento da empresa pública de extensão rural e assistência técnica, já teria desistido do negócio. “O atendimento da Emater-MG foi essencial para o desenvolvimento e a manutenção da atividade”, diz. 

Certificação

Como o setor de avicultura se solidificou e vive um crescimento grande no estado, a Emater-MG tem atuado para fortalecer e legalizar a cadeia desses produtos. Uma das ações tem sido o estímulo à certificação do frango e do ovo caipira, por meio dos Programa Certifica Minas Frango Caipira e Ovo Caipira. 

“São programas do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), realizados com o apoio da Emater-MG e da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig). Para produtor agregar o selo caipira no rótulo é necessária a certificação, que soma ao produto a rastreabilidade e a certeza de que o consumidor está comprando uma mercadoria que respeita toda a legislação ambiental, humana e de Boas Práticas de Produção, sempre pensando no bem-estar animal”, explica Márcia Portugal.

 

Serviço 

Dia de Campo de Avicultura

Data: 28/10/2021 (quinta-feira)

Horário: 13h

Local: Criatório Neves – Rua José Alves de Lana, 60, Centro, Sobrália (MG) 

Mais informações: Escritório Regional Emater-MG de Governador Valadares: (33) 3271-7288 | [email protected] | Criatório Neves: (33) 99807-6976

Fonte: Governo de Minas Gerais

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário